São José dos Pinhais recebe maior investimento da história em pavimentação

O governo do Paraná liberou R$ 29,5 milhões para pavimentação em São José dos Pinhais, o maior investimento do município para esse tipo de obra.

Redação - 21 de maio de 2022, 16:54

(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)
(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

São José dos Pinhais, principal município da região metropolitana de Curitiba, recebeu o maior investimento da história para obras de pavimentação após o governador Ratinho Junior assinar ontem a ordem de serviço da pavimentação asfáltica das ruas João Lipinski e Prof. Júlio de Carvalho Gomes, entre a Colônia Malhada e Colônia Murici.

Por meio da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (Sedu), o governo estadual repassou R$ 29,5 milhões para as obras. 

Ratinho também assinou a ordem de serviço para o início da construção do Viaduto Bradesco, com destinação de R$ 33,6 milhões. Ou seja, o Estado liberou R$ 167,2 milhões para beneficiar quatro cidades - Curitiba, Almirante Tamandaré, Piraquara e São José dos Pinhais - em dois dias.

“Cresci em São José dos Pinhais, fico feliz em poder estar aqui hoje realizando um sonho dessas colônias tão importantes, trazendo um investimento de quase R$ 30 milhões em pavimentação. É importante pavimentar a zona rural não apenas para valorizar o imóvel, mas para aumentar o escoamento da produção de alimentos da região”, disse o governador Ratinho Junior.

As obras incluem a execução de serviços preliminares, como terraplenagem, base e sub-base, revestimento, meio-fio e sarjeta, serviços de urbanização, sinalização de trânsito, rede de drenagem de águas pluviais, iluminação pública e serviços diversos.

Todos os trechos serão revestidos com pavimentação em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), composto por uma mistura de elementos que são submetidos a altas temperaturas, formando um material impermeável, resistente e durável.

PREFEITA DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS ELOGIA

Para a prefeita de São José dos Pinhais, Nina Singer, a pavimentação era um sonho antigo do município e agora vai promover uma transformação na região. “Esses quase 20 quilômetros de pavimentação na área rural do nosso município são de extrema importância. Vai ligar Murici, Malhada e Contenda, são as principais ruas ligando todas essas colônias”, afirmou.

Ela destaca ainda que a obra vai contribuir para a expansão do turismo rural, já existente. “Para ter turismo tem que ter vias adequadas para atrair visitantes”, disse.

OBRAS

Na Rua João Lipinski, serão 3 lotes: o primeiro numa área de 27.949,19 m², com investimento de R$ 4.715.285,64 e contrapartida municipal de R$ 1.303.899,78; o segundo tem área de 37.114,02 m², com o montante do Estado de R$ 6.971.073,41 e contrapartida municipal de R$ 1.927.684,08; e o terceiro de 19.019,15 m², com de R$ 3.430.747,74 de recursos estaduais e contrapartida municipal de R$ 948.691,46.

Já na Rua Prof. Júlio de Carvalho Gomes, na Colônia Malhada e Colônia Murici, o lote 1 soma 29.386,39 m², com valor total de R$ 5.367.666,79; o lote 2 tem área de 30.232,30 m², totalizando R$ 5.222.858,72, e o lote 3, de 25.664,45 m², tem investimento total de R$ 3.849.652,08.