Saúde descarta retorno das aulas presenciais nas escolas particulares de Curitiba

Redação

curitiba aulas escolas particulares

A Secretaria de Saúde de Curitiba descartou nesta quarta-feira (10) o retorno das aulas presenciais nas escolas particulares em junho. Apesar da proposta feita pelo Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná) no mês passado, que sugeria o retorno gradual das atividades, a pasta se baseia no atual cenário epidemiológico da cidade.

“É um momento de incerteza, no qual não podemos afrouxar as medidas de isolamento. Por enquanto, não é possível se falar em reabertura”, disse a secretária Márcia Huçulak.

A declaração foi feita após a reunião feita com a secretária de Educação, Maria Sílvia Bacila e representantes do Sinepe e da Assepei (Associação das Escolas de Educação Infantil).

Com isso, as escolas e CEIs (Centros de Educação Infantil) particulares seguem fechados conforme o decreto estadual e municipal, que garante a suspensão das aulas presenciais até pelo menos o dia 2 de julho.

Já a secretária da Educação explicou que prepara uma instrução normativa para quando chegar o momento de reabertura, o que segue sem data para acontecer.

“Estamos preparando esse documento que servirá de base para as unidades”, disse Maria Sílvia.

Conforme a prefeitura de Curitiba, as representantes do Sinepe e da Assepei asseguraram que, no momento do retorno, as unidades seguirão os protocolos de limpeza recomendados pelas autoridades de saúde.

Previous ArticleNext Article