Segurança nos parques de Curitiba será reforçada na “alta temporada”

Francielly Azevedo


A partir desta terça-feira (13), alguns parques de Curitiba terão o efetivo da Guarda Municipal reforçado para garantir a segurança das pessoas que frequentam esses locais durante a “alta temporada”. A Operação Parque Protegido foi lançada pela Prefeitura Municipal.

O vendedor ambulante Claudionor dos Santos trabalha há mais de 20 anos no Jardim Botânico, um dos pontos mais visitados da capital. Ele lembra que a criminalidade era maior no local antes da presença fixa da Guarda Municipal.

“Ta ficando melhor, porque aí sai esses maloqueiros que ficam aí dentro. Antigamente era bem fraco, os caras roubavam carros e bicicletas. Com horário de verão dá pra ficar até 20h30”, disse.

O pipoqueiro Ithamar Kirchner também trabalha no Jardim Botânico. Ele tem um carrinho de pipoca há 25 anos no mesmo local e conta que já presenciou diversos assaltos na região.

“Hoje eu vejo que está bem melhor do que antigamente. Ainda um pouco continua, foram assaltados alguns vendedores. Antes eu tinha mais medo, mas agora colocaram algumas luzes, tem mais guardas. A gente sempre se cuida”, destacou.

Mais de 60 guardas vão reforçar o policiamento em nove pontos em diferentes regiões da cidade: Lago Azul, São Lourenço, Tanguá, Jardim Botânico, Zoológico, Barigui, Bacacheri, Náutico e Passaúna.

O secretário municipal da Defesa Social, Guilherme Rangel, explica que os parques foram escolhidos tendo em vista o fluxo de pessoas.

“São os parques com mais aglomeração de pessoas. Então definimos estes pontos para garantir a segurança e tranquilidade da população. Será reforçado tanto policiamento a pé, quanto o com viaturas”, ressaltou.

A Operação Parque Protegido segue até o dia 24 de fevereiro.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.