Sem resgate de contribuintes, Nota Paraná já teve mais de R$ 230 milhões devolvidos

BandNews FM Curitiba


Sete milhões de contribuintes têm créditos do Nota Paraná para receber e ainda não são cadastrados no programa. Somente 2,1 milhões pessoas têm cadastro no site, mas cerca de 9 milhões de pessoas emitiram notas fiscais com o número de CPF desde que o programa foi criado, em 2015. Só é possível resgatar os valores gerados a partir das notas após o cadastro no sistema.

O crédito expira em 16 meses após a data da compra. A coordenadora do programa, Marta Gambini, explica que muitas vezes o consumidor emite nota com CPF e não sabe. É o caso de compras feitas online, por exemplo.

“Compras pela internet também rendem créditos né, então abordamos o consumidor e eles dizem que não estão cadastrados, quando compra algum bem a nota já é emitida para a garantia do produto, então já está sendo colocado o CPF na nota e muita gente nem sabe dessa informação”.

O programa retorna aos contribuintes parte do valor do Imposto de Contribuição sobre Mercadorias e Serviços (ICMS). Desde que foi lançado, o Nota Paraná já devolveu R$ 952 milhões de reais. 25% desse valor retornou ao governo após expirar, pela falta de procura do contribuinte.

“Retorna para os cofres públicos e é colocado a disposição da população por meio de obras e serviços”, afirmou.

Quem emitiu notas fiscais com o número do CPF em março de 2017, tem até o mês que vem para se cadastrar e resgatar o dinheiro. Além do valor gerado com base no valor de compra e arrecadação, é possível que o contribuinte tenha até mesmo bilhetes premiados, de sorteios feitos mensalmente. Para saber se tem dinheiro aguardando resgate, é só se cadastrar no site.

Previous ArticleNext Article
em 20 minutos tudo pode mudar
[post_explorer post_id="525392" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]