Servidor é alvo de ação após plantar maconha em viveiro público de município do Paraná

Redação

Servidor é alvo de ação judicial após plantar maconha em viveiro público de município do Paraná

Um servidor municipal de Janiópolis, na região central do Paraná, é alvo de uma ação judicial após plantar maconha em uma área de viveiro público da cidade. A ação civil pública foi ajuizada pelo MPPR (Ministério Público do Paraná), por meio da da 3ª Promotoria de Justiça de Campo Mourão.

O caso aconteceu em 2016, quando foram encontrados 17 pés de cannabis sativa plantados em um viveiro do município. O servidor, que responde por improbidade administrativa, é filho de um vereador da cidade e ocupa cargo efetivo de viveirista.

Com o ajuizamento da ação, o MPPR busca a condenação do agente público, entre elas, o ressarcimento integral do dano causado, a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos por período de três a cinco anos e o pagamento de multa civil.

Previous ArticleNext Article