Servidor público que fraudava documentos para foragidos da Justiça é preso

Francielly Azevedo

Um servidor público, de 53 anos, foi pres suspeito de falsificar carteiras de identidade para auxiliar criminosos. O homem atuava na Prefeitura de Cerro Azul, na Região Metropolitana de Curitiba, e utilizava sua função para facilitar o processo criminoso.

De acordo com a Polícia Civil, o servidor fraudou mais de 20 carteiras de identidade para pessoas que possuíam mandados de prisão em aberto por crimes graves cometidos em todo o Estado.

“Ele era cedido da Prefeitura pro Instituto de Identificação e pro Detran, como ele tinha acesso as carteiras de identidade, ele de modo doloso foi procurado por diversos criminosos que buscavam fugir da mão da Justiça, pessoas principalmente com mandado de prisão”, explicou o delegado Emmanoel David.

De acordo com o delegado, ele vinculava a digital de foragidos a terceiros sem problemas com a Justiça. “Quando esses criminosos os procuravam, ele fazia a segunda via do RG com certidão de nascimento falsas. Ele pegava a digital desses elementos e inseria no nome de um terceiro de boa fé, que não tinha mandado. Assim se a polícia abordasse o meliante não saberia que ele possuía mandado”, detalhou.


As investigações duraram seis meses até a prisão do suspeito nesta quinta-feira (14). O homem deve responder por peculato, falsificação de documento público, falsidade ideológica e prevaricação.

“A investigação está apurando que ele recebia vantagens financeiras para prática criminosa. Ele negou a prática e informou que as várias identidades irregulares produzidas no seu posto foram uma coincidência”, disse o delegado.

Também foram encontradas identidades italianas falsificadas.

 

 

Post anteriorPróximo post
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.