Servidores que aproximavam câmeras para observar mulheres na praia são afastados

Francielly Azevedo


O servidores de Guaratuba, no litoral do Paraná, que aproximavam imagens de câmeras de monitoramento para observar mulheres na praia, foram afastados das funções que ocupam na Secretaria Municipal da Segurança Pública. A medida foi publicada em Diário Oficial nesta quarta-feira (28).

De acordo com a Prefeitura do município litorâneo, foi instaurada uma sindicância para apurar os fatos envolvendo os funcionários lotados no Centro de Controle Operacional do sistema de monitoramento por câmeras da Secretaria Municipal de Segurança Pública.

Em nota, a Prefeitura informou que não descarta afastamento de outras pessoas, caso seja comprovada a participação de mais servidores no caso.

O CASO

A denúncia foi feita por funcionários que descobriram a ação enquanto verificavam as imagens em busca de um adolescente que estava perdido na região. Os registros foram feitos por pelo menos 10 câmeras que fazem o monitoramento da Praia Central e outros três pontos turísticos da cidade. Os vídeos mostram a aproximação das imagens direcionadas para mulheres de biquíni na praia.

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.