Sesa separa 137 mil doses para vacinação contra Covid-19 da população geral no Paraná

Redação

Sesa separa 137 mil doses para vacinação contra Covid-19 da população geral no Paraná

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) separou 137.353 doses de imunizantes contra a Covid-19 para iniciar a vacinação à população geral no Paraná.

As doses devem ser encaminhadas para os municípios do Paraná entre sexta-feira (4) e sábado (5), com as pessoas de 59 e 58 anos que ainda não foram vacinadas sendo as primeiras a receberem esse novo lote.

Ainda será iniciada a vacinação de outros grupos prioritários como comunidade ribeirinha (dez mil pessoas), funcionários do sistema prisional (4.109), população carcerária (61.465) e trabalhadores de assistência social (dez mil).

Todas essas vacinações serão aplicadas com imunizantes Covishield, desenvolvidos em parceria pela Fiocruz/AstraZeneca/Oxford.

Esses imunizantes também serão utilizados para completar a vacinação de pessoas com comorbidades e deficiência permanente grave, agentes das forças de segurança e salvamento e trabalhadores da educação básica.

Nesta quinta-feira (3), mais 37.440 vacinas Comirnaty – da parceria Pfizer/BioNtech, vão chegar ao Paraná e também serão encaminhadas nos próximos dias por todo estado.

“Conversamos com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná, órgão que envolve os 399 municípios, e decidimos juntos liberar a vacinação para ocorrer além dos grupos prioritários, se estendendo para as faixas etárias de 59 e 58 anos, e assim por diante”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

SESA QUER AMPLIAÇÃO DA VACINAÇÃO EM PROFISSIONAIS DA SAÚDE

A Sesa também recomendou que todos os municípios do Paraná que tenham encerrado a vacinação dos trabalhadores de saúde voltados para o combate à Covid-19, que ampliem a imunização para outros profissionais da área.

Entre essas profissões estão biólogos, biomédicos, profissionais de educação física, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos veterinários, nutricionistas, odontólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais.

Também devem ser imunizados trabalhadores que atuem na coleta de resíduos hospitalares, como entregadores de oxigênio que realizam troca de válvulas e cilindros em serviços de saúde e trabalhadores das empresas responsáveis pela esterilização de material hospitalar.

Ainda foi programado pela Sesa o envio de 3% de doses de imunizantes a mais para Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná, devido ao alto fluxo de pessoas na Tríplice Fronteira.

“Peço para que os municípios se organizem. Seja com agendamento eletrônico ou procura direta, que cada um faça da melhor maneira possível. Fato é que nós queremos gastar todas as vacinas que estão chegando”, finalizou Beto Preto.

LEIA MAIS: Beto Preto confirma caso de variante indiana e pede feriado sem aglomeração no Paraná

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="768045" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]