Secretaria da Saúde vai auditar dados da Covid-19 em Londrina

Redação

coronavírus em curitiba, mortes, morte, óbito, óbitos, casos confirmados, boletim, informe epidemiológico, sms, secretaria municipal da saúde, coronavírus, covid-19

A partir da identificação de inconsistências nas estatísticas da Covid-19 em Londrina, a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) deve auditar os dados fornecidos pela Secretaria Municipal da Saúde.

A decisão foi tomada após reunião virtual entre o governador Ratinho Junior (PSD), o secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva, e os deputados Tercilio Turini (CDN), Cobra Repórter (PSD) e Tiago Amaral (PSB).

O objetivo da auditoria é avaliar se Londrina pode ser excluída da decreto que impõe uma “quarentena mais restritiva” até 15 de julho.

Os deputados também solicitaram ao governador Ratinho Junior que a Sesa informe os municípios que estiverem com números crescentes de casos confirmados, internamentos e mortes.

“A intenção é não pegar as cidades de surpresa e causar polêmica. Quando for constatado um quadro mais crítico da Covid-19, a Secretaria de Saúde informa o prefeito com antecedência e exige atenção redobrada”, defendeu Turini.

Atuando como lobistas para os prefeitos da região norte do Paraná, os deputados também pressionaram o governo estadual a flexibilizar a “quarentena” e permitir a reabertura do comércio em algumas regiões antes de 15 de julho.

De acordo com o Governo do Paraná, não há previsão de alteração nas medida determinadas em 30 de junho, que visam apertar o cerco contra o avanço da Covid-19 no Estado.

Previous ArticleNext Article