Sesa suspende cirurgias eletivas no Paraná até 15 de julho

A Secretaria de Estado da Saúde suspendeu até 15 de julho, as cirurgias eletivas em todos os hospitais públicos e privad..

Redação - 30 de junho de 2021, 21:26

O governador Carlos Massa Ratinho Junior visita nesta quarta-feira (14) o Hospital Regional São Sebastião, na Lapa. A Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza seis leitos de UTI no hospital.  A unidade já conta com 40 leitos de enfermaria na estratégia de combate à Covid-19.  14/04/2021 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN
O governador Carlos Massa Ratinho Junior visita nesta quarta-feira (14) o Hospital Regional São Sebastião, na Lapa. A Secretaria de Estado da Saúde disponibiliza seis leitos de UTI no hospital. A unidade já conta com 40 leitos de enfermaria na estratégia de combate à Covid-19. 14/04/2021 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria de Estado da Saúde suspendeu até 15 de julho, as cirurgias eletivas em todos os hospitais públicos e privados do Paraná. A medida tem como objetivo preservar os estoques estaduais dos medicamentos do kit intubação.

Seguem liberadas as cirurgias dos setores de cardiologia, oncologia e nefrologia, assim como exames com caráter urgente (com assinatura de um médico) e atendimentos ambulatorial ou hospitalar que exijam medicamentos de bloqueio anestésico endovenoso.

Atualmente a ocupação dos leitos de UTI na rede exclusiva de atendimento Covid-19 está em 94%, com 1.881 pessoas internadas com sintomas graves da doença.

Ainda nesta quarta-feira (30), o Governo do Paraná 'afrouxou' as medidas restritivas contra a Covid-19 no estado, liberando bares, lanchonetes e restaurantes a abrirem aos domingos, além de diminuir em duas horas o toque de recolher nos municípios paranaenses.

O último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde apontou que o Paraná registrou nas últimas 24 horas, novos 5.762 casos e 201 mortes pela Covid-19.

Desde março de 2020,  1.278.051 casos confirmados e 30.539 mortes foram registradas no estado.

LEIA MAIS: Curitiba mantém bandeira laranja, mas libera festas com até 50 pessoas