Sete de Setembro: desfile é cancelado e manifestações marcam a data em Curitiba

CBN Curitiba


Neste ano, como em 2020, devido à pandemia de Covid-19, não haverá o tradicional desfile de Sete de Setembro no Centro Cívico, em Curitiba. Por outro lado, a região central da capital será palco de manifestações pró e contra o Governo Federal nesta terça-feira (7).

As comemorações do Dia da Independência na cidade já aconteceram na última quarta-feira (1º), em solenidade no Palácio Iguaçu, com autoridades estaduais. A cerimônia foi realizada pela Polícia Militar do Paraná (PMPR), Forças Armadas e Guarda Municipal de Curitiba, e homenageou os profissionais de saúde que têm enfrentado a pandemia de Covid-19 na linha de frente.

A suspensão do desfile presencial segue recomendação da Secretaria de Estado da Saúde, para que a população evite aglomerações.

Segundo a Prefeitura de Curitiba, não há programação para este Sete de Setembro na cidade.

Manifestações

Nesta terça-feira (7) manifestações pró e contra o governo federal estão marcadas na capital. Às 14h manifestantes pró-Bolsonaro devem se concentrar na praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, em frente ao Palácio Iguaçu. Já às 16h, manifestantes contra o governo federal se reúnem na Praça Santos Andrade.

O Comando-Geral da Polícia Militar informou, por meio de nota, que a corporação acompanhará os atos públicos desta terça-feira (7) em todo o estado, para garantir o direito de manifestação para todos os grupos e a segurança das demais pessoas que não estiverem envolvidas nos protestos.

A polícia esclarece ainda que foi feito um planejamento com reforço de policiamento por conta do feriado, inclusive no Litoral e nas costas Oeste e Noroeste do estado, com maior presença nas áreas urbanas e rodoviárias, com um trabalho do setor de Inteligência sobre os locais que possam ocorrer bloqueio de via.

Além disso, em Curitiba, a PM também acompanhará os atos. O número de efetivo não será divulgado por questão de estratégia e segurança.

As equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), e da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) estarão de prontidão para serem aplicados caso haja necessidade nas mais diversas regiões do Estado.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="788345" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]