Maior shopping da região Sul espera receber mais de 1 milhão de pessoas por mês

Vinicius Cordeiro

shopping

O Jockey Plaza será inaugurado em Curitiba nesta quarta-feira (5). Com mais de 200 mil m², o shopping é o maior da região Sul e o 11.º maior do país em área construída. O shopping, que teve um investimento R$ 650 milhões, espera receber 1,2 milhão de pessoas por mês e lucrar cerca de R$ 1 bilhão por ano.

Localizado na Avenida Victor Ferreira do Amaral, no bairro Tarumã, o horário de funcionamento será de segunda à sexta-feira, será das 11h às 23h. Aos sábados, das 10h às 22h e, aos domingos, das 14h às 20h.

Vale lembrar que o shopping cria uma expectativa nas pessoas há nove anos, desde quando o projeto foi divulgado.

“Foi uma viagem longa. Passamos um ano desenvolvendo projeto, tivemos todo o processo na prefeitura… O que a gente procura é transformar a ida no shopping em uma experiência positiva”, conta Aníbal Tacla, diretor do Grupo Tacla Shopping, um dos responsáveis pelo empreendimento ao lado do Paysage, Casteval e GRCA.

ALIMENTAÇÃO

Para ajudar essa experiência boa, Mc Donald’s, Wiki Maki, Zapata e Freddo estão entre as 28 operações confirmadas na praça de alimentação, além dos diversos quiosques espalhados.

Além disso, o boulevard gastronômico terá sete restaurantes, todos com uma sacada que terá uma vista para a pista do Jockey Clube. Por enquanto, são três confirmados: Kyo, de comida japonesa e o Ravello Trattoria, especializado em massas e molhos. O último é inédito: One Hundred Beer, que terá 100 bicos de cerveja artesanal e servirá pizza.

MAIOR DIFERENCIAL

Ele será o único da região leste da cidade, ficando também a poucos minutos de Pinhais, quarta cidade mais populosa da Região Metropolitana de Curitiba com 128.256 habitantes. Apenas São José dos Pinhais (302.759 pessoas), Colombo ( 234.941) e Araucária (135.459) ficam na frente.

Vale lembrar que todos os outros shoppings da capital paranaense ficam em outras regiões da cidade, sendo a maioria no centro-oeste da cidade e sendo próximos uns dos outros. O Shopping Curitiba e o Shopping Crystal, por exemplo, tem uma distância de apenas 550 metros, enquanto o Shopping Estação fica a 1,2 quilômetros de distância.

Ou seja, o Jockey Plaza vai atender uma grande população que não precisará se deslocar em grandes distâncias para ter acesso aos maiores shoppings da cidade.

ECONOMIA

Com 14 escadas rolantes, mais de 70% das 400 lojas já estão prontas – 16 serão megalojas e 18 são lojas âncoras. A estimativa é que 6.200 empregos sejam gerados para atender públicos de todas as classes sociais.

E público não falta: de acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), o curitibano vai ao shopping, em média, quatro vezes ao mês, sendo que a média nacional fica um pouco acima de duas vezes.

“Estamos otimistas. Vai contribuir muito para a valorização do entorno do shopping. Acreditamos que, apesar da gente trazer uma concorrência nova para o comércio da região, vamos trazer muito mais gente nova e que isso seja benéfico para todo mundo”, avalia Tacla.

MEIO AMBIENTE E TRÂNSITO

O Jockey Plaza teve todo um processo de preocupação ao meio ambiente e com o seu entorno. Além de favorecer a região ao seu redor, o shopping investiu R$ 22,5 milhões em obras da Avenida Victor Ferreira à Linha Verde, com pavimentação, construção de canteiros, calçadas, semáforos, sinalização, revitalização e adaptação do retorno e alargamento de pistas.

Além disso, também foram instaladas 1,7 km de fibra ótica pela Rua Konrad Adenauer, além de instalação de iluminação pública e pontos de ônibus.

Tudo isso foi aliado a um sistema preocupado com o meio ambiente. Toda a água captada pela cobertura de 50 mil m² será tratada e reutilizada no paisagismo, para lavar o estacionamento e nos vasos sanitários, gerando economia e evitando o desperdício de água.

LEIA TAMBÉM

Previous ArticleNext Article