Curitiba amplia horário de funcionamento de shoppings e comércios; Veja novo decreto

Jorge de Sousa

Covid-19: Curitiba chega a marca de 25 mil casos no 154° dia da pandemia

Shoppings e comércios de Curitiba terão os horários de atendimentos ampliados a partir desta terça-feira (4), após a Prefeitura Municipal estabelecer novas normas de enfrentamento a pandemia da Covid-19 no Decreto nº 940.

As alterações no decreto foram divulgadas nesta segunda-feira (3) e terão validade pelos próximos sete dias.

Dessa forma, shoppings e comércios terão mais duas horas de funcionamento e podem atender clientes até às 22h e 20h, respectivamente.

O descumprimento das normas sanitárias pode render multas de R$ 232 até R$ 8.336, além da cassação do alvará de funcionamento do comércio infrator.

Segundo a Prefeitura de Curitiba, a medida visa diluir o fluxo de pessoas nesses estabelecimentos, devido a uma visualização de circulação acentuada de clientes no início da noite.

O executivo municipal ainda aponta que os indicadores da Covid-19 apresentam os mesmos patamares nas últimas duas semanas.

Por isso, mais flexibilizações nas atividades comerciais da capital paranaenses estão condicionadas a melhoras nos indicadores epidemiológicos.

De acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde nesta segunda-feira, Curitiba chegou a marca de 20.950 casos confirmados e 598 mortes pela Covid-19.

Confira abaixo as determinações do Decreto nº 940 da Prefeitura de Curitiba:

PROIBIDOS

  • Atividades de entretenimento como casas de show, festas, teatro, cinemas, circos e afins;
  • Bares;
  • Parques e praças esportivas;
  • Atividades físicas aquáticas;

LIBERADOS COM RESTRIÇÃO

  • Comércio de rua não essencial com funcionamento das 10h às 20h de segunda à sexta-feira e apenas com delivery aos finais de semana;
  • Shoppings com funcionamento das 12h às 22h de segunda à sexta-feira e apenas com delivery aos finais de semana;
  • Galeriais e centros comerciais com funcionamento das 10h às 18h de segunda à sexta-feira e apenas com delivery aos finais de semana;
  • Restaurantes e lanchonetes com funcionamento até às 22h de segunda a sábado e apenas com delivery ou drive-thru aos domingos;
  • Mercados e supermercados com funcionamento de segunda a sábado, sem restrição de horário;
  • Padarias com funcionamento até às 22h de segunda a sábado e das 7h às 18h aos domingos, mas sem consumo no local;
  • Feiras livres de segunda à sexta-feira, sem restrição de horário.

REDUÇÃO NA CAPACIDADE

  • Hotéis e serviços de hospedagem;
  • Empresas de callcenter e telemarketing com atividades presenciais.

O Decreto nº 940 ainda prevê que os ônibus do transporte público sigam com funcionamento de lotação máxima de 50% e os procedimentos cirúrgicos eletivos permaneçam suspensos.

Esse último item não se aplica a procedimentos urgentes como cardiologia, oftalmologia, oncologia, nefrologia e exames considerados essenciais pelo médico responsável.

Previous ArticleNext Article