Covid: Sindicato pede retorno das aulas em Curitiba após Greca anunciar flexibilização

Redação

educação aulas curitiba coronavírus

O Sinepe/PR (Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná) solicitou nesta segunda-feira (17) a retomada das aulas presenciais em Curitiba. Um ofício foi enviado à prefeitura de Curitiba dois dias após o prefeito Rafael Greca anunciar que a capital do Paraná vai flexibilizar as medidas contra a covid-19 a partir desta terça.

A proposta inicial é retomar as atividades da Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental seguindo todos os critérios de segurança e prevenção contra a covid-19. A intenção é atender principalmente os pais das crianças entre 0 e 5 anos.

Vale lembrar que as aulas estão suspensas desde março, ou seja, há cinco meses.

“Trata-se de um serviço fundamental para as famílias – tendo em vista que muitas já retornaram ao serviço e não têm com quem deixar os filhos – e também para as escolas, que estão totalmente preparadas para esse regresso”, defende a presidente do Sindicato, Esther Cristina Pereira.

Além disso, o Sinepe também afirma que existe um Protocolo Para a Retomada das Atividades Escolares no Município de Curitiba – Educação Infantil e Ensino Fundamental – Anos Iniciais, entregue pelo próprio Sindicato à Prefeitura no dia 26 de maio.

Conforme o último boletim, a capital paranaense soma 805 mortes e  27.210 casos confirmados de covid-19.

Procurada pelo Paraná Portal, a prefeitura de Curitiba vai informar a nova flexibilização das medidas contra o coronavírus na tradicional live feita pela secretária de Saúde, Márcia Huçulak.

Para ler o ofício completo do Sinepe, clique aqui.

Previous ArticleNext Article