Solidariedade: saiba como ajudar durante a pandemia do coronavírus

Ana Cláudia Freire

solidariedade ajuda coronavírus curitiba

Durante a pandemia do novo coronavírus que assola o mundo, uma coisa é inegável: as pessoas tem se mobilizado para ajudar quem precisa, mesmo em isolamento. E são várias as maneiras de colaborar com quem mais precisa.

Empresas, grupos,  inciativas isoladas, todos tem, de alguma forma, tentado amenizar os impactos da pandemia, principalmente para aqueles mais carentes e marginalizados.

A equipe do Paraná Portal selecionou algumas inciativas e pedidos de ajuda que tem chegado à redação durante as últimas semanas.

Vamos atualizar aqui sempre que surgir alguma nova campanha para que o leitor possa acessar mais rapidamente a informação e possa assim colaborar com esse movimento solidário.

INSTITUIÇÕES QUE PRECISAM DE AJUDA

Hospital São Vicente

O Hospital São Vicente se adaptou desde o início do mês de março para o combate ao Coronavírus. E, além de incentivar que as pessoas fiquem em casa para diminuir a curva de contaminação, também solicita que a população e empresários ajudem neste momento com doações. Qualquer valor doado será revertido para a aquisição de EPIs (Equipamento de Proteção Individual), como máscaras, aventais, luvas, além do álcool gel. Também podem ser doados respiradores e equipamentos. Além disso, a instituição está aberta para empresas que queiram fazer ações solidárias, como doação de um valor simbólico para cada venda de delivery realizada, por exemplo.

Para ajudar, a conta da FUNEF é Caixa Econômica Federal, Agência: 0374, Operação:003, Conta:4735-9, CNPJ: 81.190.449/0002-42. Mais informações: (41) 3111-3009 / 3111-3116 ou diretoria@saovicentecuritiba.com.br.

Instituto Paranaense de Cegos

O IPC acolhe 21 pessoas cegas idosas, todas incluídas no grupo de risco. Parte do que o Instituto necessita na sua manutenção vem de doações. Com o isolamento social e a dificuldade das pessoas deixarem suas residências, reduz substancialmente as doações recebidas.

Por isso, mesmo sem sair de casa, você pode contribuir fazendo sua doação por transferência bancária ou online pelo Pag Seguro www.novoipc.org.br/rede-deparceiros/doacoes

Central Única das Favelas – CUFA

A Central Única das Favelas (Cufa), lançou campanha “Favela contra o Vírus”, que visa ajudar comunidades da Vila Caximba, Vila Autódromo (Cajuru), Parolin e Cidade Industrial de Curitiba (CIC. A campanha quer atingir mais de 300 famílias com doação de produtos de higiene, especialmente sabonete para a lavagem das mãos.

A entrega das doações acontece na Rua Amauri Lange Silvério, 1141, Pilarzinho / Campo do Operário Pilarzinho, das 9 h às 18 h, de segunda a sexta-feira. Outros pontos com os líderes da comunidade também estão aceitando doações. Informações pelo Facebook.

Hospital Evangélico Mackenzie

O Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, com a ajuda da sua associação de apoio, recebe doações para ajuda pacientes em tratamento do coronavírus.

O dinheiro será utilizado para a compra de materiais e equipamentos médicos. Para ajudar doe na seguinte conta:

Banco: Caixa Econômica Federal  Agência: 0369 Operação: 003 Conta corrente: 6972-0 CNPJ: 36.329.832/0001-01

VOCÊ PODE AJUDAR

Doações Provopar

O Shopping Crystal reforça sua atuação junto à sociedade civil durante a pandemia do coronavírus, que tem trazido dificuldades econômicas para muitas famílias brasileiras. Por isso, em parceria com o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar), está arrecadando alimentos e produtos de higiene para os mais necessitados. Todos os dias, das 10h às 20h, os interessados em ajudar podem comparecer ao Piso L1 do Shopping, onde está localizado o centro de doações de mantimentos para famílias em vulnerabilidade social, pela entrada da Rua Comendador Araújo, 731, no bairro Batel.

Desafio Máscaras do Bem

Inspirado no movimento global #Masks4All, que incentiva a produção de máscaras caseiras na luta contra o avanço do novo coronavírus, o Desafio Máscara do Bem foi lançado nesta semana, em Curitiba, e tem como objetivo doar 100 mil máscaras para entidades filantrópicas de Curitiba que atendem pessoas mais vulneráveis ao vírus, como idosos e pacientes com doenças respiratórias e diabetes. A iniciativa tem o apoio do Vale do Pinhão, da Prefeitura e Agência Curitiba de Desenvolvimento.

Criado pelo fundador da startup curitibana Ei Tools, Mark Pinheiro, o movimento já está recebendo as doações pelo site Desafio Máscara do Bem. Após a pessoa se inscrever on-line, voluntários do movimento vão agendar uma data para buscar as máscaras caseiras.

No site do Desafio Máscara do Bem também é possível fazer doações para que organizações não-governamentais parceiras também possam confeccionar máscaras. Os valores serão repassados através da plataforma da startup curitibana Pólen.

Seja um voluntário da Saúde de Curitiba

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba está chamando profissionais de qualquer área (inclusive da Saúde) e estudantes da área da Saúde para atuar como voluntários no combate ao novo coronavírus em Curitiba. Os interessados devem acessar o site da  http://www.saude.curitiba.pr.gov.br , clicar no banner e preencher o formulário (clique aqui).

Os voluntários poderão ajudar nas 111 unidades básicas de saúde da capital e nas nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Nesses serviços, eles vão apoiar as equipes na triagem dos pacientes e em outras atividades que possam tornar ainda mais ágil o atendimento.

Outra atividade que poderá ser desempenhada pelos voluntários é o atendimento no call center criado para a população esclarecer dúvidas sobre o novo coronavírus (3350-9000).

Paraná Solidário

Desde o início da pandemia de coronavírus o aplicativo Paraná Solidário já registrou a doação de mais de 1,6 mil itens, como alimentos, eletroeletrônicos, material de limpeza e higiene, vestuário, móveis, brinquedos e livros. O App é uma ferramenta do Governo do Paraná, desenvolvida pela Secretaria de Justiça, Família e Trabalho e pela Celepar, que permite que pessoas físicas e empresas doem diretamente às instituições cadastradas.

Com o aplicativo também é possível doar itens como álcool em gel e outros de higiene e limpeza, fundamentais na luta contra a transmissão do coronavírus. Já são 453 instituições e 2.472 doadores cadastrados.

O aplicativo paranaense conecta doadores de todo o Estado a entidades beneficentes, facilitando as doações. Para fazer uma doação basta baixar gratuitamente o app na Apple Store ou no Google Play no seu celular.

Família Solidária

A Rede Família Solidária reforça o apelo para que empresas e pessoas físicas doem alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza. Os materiais serão repassados pela Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho a entidades beneficentes prioritárias que acolhem crianças, adolescentes, famílias e deficientes em vulnerabilidade social e pessoal

A ação faz parte das boas práticas adotadas pelo Governo do Estado em função da pandemia da Covid-19. Os interessados podem doar diretamente no Centro de Recebimento de Doações na Paróquia São Braz (Rua Antônio Escorsin, 1840, bairro São Braz, em Curitiba), de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. Informações podem ser obtidas pelo whatsapp (41) 99214-3438 ou na página da Rede Família Solidária no Facebook.

Todos os itens arrecadados são direcionados para as entidades cadastradas no Nota Paraná ou no aplicativo Paraná Solidário. Instituições que não possuem cadastro podem se inscrever na página da Rede Família Solidária no Facebook. Basta acrescentar o número do CNPJ.

Moradores de Rua

A Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) reforçou o time da Fundação de Ação Social (FAS) de Curitiba para ajudar na arrecadação de doações do Disque Solidariedade. Desde  o dia 6 de abril, a sede da Smelj, na Rua Solimões, 160, no bairro São Francisco, também virou um ponto de coleta para as doações de roupas masculinas para adultos, que serão distribuídas pela FAS para as pessoas em situação de rua.

Além de se tornar um ponto de coleta, a Smelj convocou os atletas beneficiários do programa de Incentivo ao Esporte da Prefeitura para doarem roupas. A doação dos atletas será considerada uma contrapartida social prevista no programa de Incentivo ao Esporte.

Mas não é somente os atletas que podem doar, todos os amigos, familiares e quem gosta de esporte na cidade pode participar deste ato de solidariedade ao próximo.

As doações na Smelj podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Todas as doações são bem-vindas, como cestas básicas, alimentos não-perecíveis, produtos de higiene e limpeza. No entanto, a maior demanda no momento é para roupas masculinas para adultos.

Fraternidade sem Fronteiras

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) lançou a Campanha Viver Fraternidade, durante o primeiro dia do IV Encontro Fraternidade sem Fronteiras – evento transmitido ao vivo em suas redes sociais. A iniciativa visa arrecadar doações para a compra de 66 mil cestas básicas destinadas a 52 instituições brasileiras, dentre elas, projetos da própria FSF; e 39 centros de acolhimento mantidos pela Organização.

A meta é fornecer durante dois meses, suporte a um total de 51 mil pessoas – sendo 36 mil famílias residentes no Brasil e 15 mil crianças na África, que estão em situação de grande vulnerabilidade, durante a crise ocasionada pelo coronavírus (Covid-19). Todas elas estão cadastradas nas instituições parceiras e projetos beneficiados pela Fraternidade sem Fronteiras.

Até o momento, a campanha arrecadou o valor equivalente a 1.963 cestas básicas, durante o IV Encontro FSF, que aconteceria presencialmente em São Paulo/SP. O evento adotou medidas de segurança e manteve a realização no formato online, com apresentações, diálogos e relatos programados até o próximo domingo (19), das 9h às 19h (horário de Brasília).

Para participar da campanha e conferir os projetos beneficiados, basta acessar www.fraternidadesemfronteiras.org.br/viverfraternidade e fazer sua doação, escolhendo o país de destinação da cesta básica: Brasil ou África.

EMPRESAS PODEM AJUDAR SEUS COLABORADORES

Psicoterapia online

A empresa especializada em programas corporativos de saúde e prevenção  Implus Care, criou o programa de psicoterapia online dá suporte integral para o tratamento psicológico e a orientação emocional.

A ferramenta ainda disponibiliza um filtro de psicólogos e a busca pode ser feita conforme a especialidade de atendimento do profissional, seja para acompanhamento de problemas pessoais, familiares ou relacionados ao trabalho.

Podem ser agendadas até quatro consultas por mês, mas sem limitador de sessões, ou seja, se o tratamento se estender por meses, o indivíduo não terá que arcar com despesas particulares. Os horários também são mais flexíveis do que o expediente convencional de consultório, pois os psicólogos atendem em qualquer horário do dia ou da noite.

Psicólogos voluntários atendem profissionais de súde e pacientes da Covid-19

Um grupo de psicólogos oferece, voluntariamente, atendimento gratuito pela internet para profissionais da saúde que atuam no atendimento à população durante a pandemia do novo coronavírus. O serviço também é oferecido para pacientes diagnosticados com a Covid-19. Para receber o atendimento, é necessário preencher um formulário, disponível neste link.

As as sessões são realizadas em horário e plataforma online previamente combinados com o profissional da saúde ou o paciente.

Previous ArticleNext Article
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal
[post_explorer post_id="693822" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]