Paraná soluciona todos os casos de crianças desaparecidas nos anos de 2018 e 2019

De acordo com a PCPR (Polícia Civil do Paraná), o Paraná solucionou todos os casos de crianças desaparecidas ocorridos n..

Redação - 26 de maio de 2020, 12:03

Fábio Dias / PCPR
Fábio Dias / PCPR

De acordo com a PCPR (Polícia Civil do Paraná), o Paraná solucionou todos os casos de crianças desaparecidas ocorridos nos anos de 2018 e 2019. No primeiro quadrimestre de 2020, todos os casos também foram solucionados.

Em 2018, foram registrados 237 casos. Sendo 24 em Curitiba, 44 na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e 169 no Interior do Estado.

Já em 2019, foram comunicados 224 casos. Desses, 34 em Curitiba, 40 na RMC e 150 no Interior. O primeiro quadrimestre deste ano totaliza 61 casos. Sendo, 9 em Curitiba, 5 na RMC e 47 no Interior. Todos solucionados.

PCPR TEM 27 CASOS DE CRIANÇAS QUE AINDA ESTÃO DESAPARECIDAS

A delegada da PCPR, Patrícia Paz, responsável pela unidade que investiga casos de crianças desaparecidas no estado, revela que a PCPR é pioneira no Brasil a implementar uma unidade especializada nesses casos: o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas.

“Além do ótimo desempenho na resolução dos casos, a PCPR também realiza trabalhos preventivos, como campanhas para conscientizar a população acerca da temática, bem como orientar os pais ou responsáveis para evitar novos desaparecimentos”, afirma a delegada.

Durante todo ano, campanhas em locais de grande circulação de pessoas e escolas para orientar pais, responsáveis e até as próprias crianças para prevenir desaparecimentos, são realizadas.

Desde 1982, a PCPR tem 27 casos de crianças que ainda estão desaparecidas. Todos os casos continuam sendo investigados e denúncias recebidas são apuradas pelos policiais civis. Além disso, a PCPR também realiza a progressão de idade das crianças com o intuito de auxiliar nas investigações.

O Dia Internacional da Criança Desaparecida é lembrada no dia 25 de maio de cada ano e tem o objetivo de alertar os cidadãos sobre todas as questões que podem estar relacionadas com o desaparecimento de crianças.

NÃO É PRECISO ESPERAR 24 HORAS PARA REALIZAR BOLETIM DE OCORRÊNCIA

A PCPR lembra que não é necessário esperar 24 horas para fazer o Boletim de Ocorrência (BO). Isso vale para desaparecidos de qualquer idade.

O registro pode ser feito de forma imediata, ao menor sinal ou suspeita de desaparecimento, pela internet através do Portal da PCPR (Serviços>BO/DENÚNCIA>Registrar Boletim de Ocorrência de Pessoa Desaparecida).

O BO também pode ser registrado pessoalmente em qualquer Delegacia da PCPR. É importante levar uma fotografia recente do desaparecido, pode ser uma imagem digital ou mesmo de papel.