Suspeito de assediar mulher dentro de ônibus é preso em Curitiba

Segundo a Guarda Municipal, o homem de 66 anos, suspeito de importunação sexual, era foragido da Justiça por crimes de estupro e roubo

Redação - 06 de julho de 2022, 17:44

Arquivo/SMCS
Arquivo/SMCS

Foi preso nesta quarta-feira (6) um homem de 66 anos suspeito de assediar sexualmente uma mulher dentro de um ônibus do transporte coletivo de Curitiba. 

Ao realizar a abordagem, a Guarda Municipal constatou que o suspeito de importunação sexual era um foragido da Justiça por crimes como estupro e roubo.

O caso de assédio aconteceu em um ônibus da linha Saturno, no bairro Santo Inácio. A vítima, de 44 anos, pediu ajuda ao motorista, que deteve o homem e acionou a GM pelo telefone 153.

A viatura mais próxima da Guarda Municipal foi deslocada para o local da ocorrência. O suspeito foi preso e encaminhado para a Delegacia da Mulher.

Segundo a Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito de Curitiba, somente no primeiro semestre, 39 casos de importunação sexual foram registrados na capital.

O número é mais do que o dobro dos casos registrados no mesmo período do ano passado (18).

Em 2022, além das 39 ocorrências de importunação sexual, foram registrados 60 casos de atos obscenos ou libidinosos e mais 11 de importunação ofensiva ao pudor.

“Temos feito diversas campanhas no sentido de orientar as pessoas a denunciar esses casos. A legislação é nova, com menos de quatro anos de existência, por isso é importante informar e discutir o assunto”, afirmou o secretário Péricles de Matos.

Ele orienta que todos os casos do tipo, incluindo assédio dentro dos ônibus do transporte coletivo, devem ser denunciado à Guarda Municipal pelo telefone 153.

“É preciso que a denúncia seja feita de forma imediata, para que uma equipe possa fazer a abordagem antes do desembarque do suspeito”, conclui.