Suspeito de matar ex-sócio com 28 tiros é preso no PR

Fernando Garcel


Um homem suspeito de ter assassinado um empresário com 28 tiros em julho do ano passado em Curitiba foi preso nesta quarta-feira (29), em Guarapuava, pela Polícia Civil.

Segundo as investigações, Sérgio Aparecido Marques, de 39 anos, conhecido como “Sargento”, estava dirigindo, passando sob o viaduto do Orleans, quando foi atingida por diversos disparos de arma de fogo. A perícia apontou 28 perfurações de entrada e saída de projéteis pelo corpo de Marques.

Conforme apurado, a vítima era proprietária de um bar e o apelido que carregava não tem relação alguma com sua profissão, pois não era membro de nenhuma instituição de Segurança Pública ou Forças Armadas.

De acordo com a delegada Tathiana Guzella, responsável pelo caso, o suspeito teria sido identificado um mês após o crime mas teria fugido para o Mato Grosso. Ele teria sido monitorado pela Polícia Civil e percorreu várias outras cidades do Brasil.

“Nós tivemos notícia no mês passado de que ele teria retornado ao Paraná. Ele foi preso no interior do Estado depois de várias campanas e investigações”, explica a delegada.

Testemunhas da investigação apontam que o suspeito e a vítima seriam sócios em um açougue até um mês antes do crime, quando houve uma discussão e uma desavença comercial.

“Especula-se que havia também uma dívida de um para outro. Nós acreditamos que essa seria a motivação do crime”, comenta Tathiana. “Acredita-se que o crime tenha sido premeditado porque a vítima encontrava-se com amigas quando foi emparelhado por outro veículo e o autor fechou o veículo da vítima e disparou inúmeras vezes”, finaliza.

A prisão do suspeito é preventiva e não tem data para terminar. O suspeito responderá por homicídio qualificado.

Previous ArticleNext Article