Suspeito de matar professor no centro de Curitiba é preso em Ponta Grossa

O homem suspeito de matar um professor de 59 anos, em Curitiba, foi preso nesta terça-feira (22) em Ponta Grossa, nos Ca..

Redação - 22 de dezembro de 2021, 16:35

Divulgação/PCPR
Divulgação/PCPR

O homem suspeito de matar um professor de 59 anos, em Curitiba, foi preso nesta terça-feira (22) em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. De acordo com a Polícia Civil do Paraná, o crime ocorreu no dia 15 de dezembro e o corpo foi encontrado no domingo (19).

A vítima foi encontrada morta no apartamento onde mora, no Centro de Curitiba. O professor foi morto a facadas. No quarto, foi encontrado pichado na parede um coração e a mensagem “I love you” (eu te amo, em inglês).

O suspeito de cometer o assassinato, que não teve a identidade revelada, era um jovem que possivelmente mantinha um relacionamento com o professor. Segundo as investigações, homem mais velho ajudava o companheiro financeiramente.

“As pessoas ouvidas formalmente no bojo da investigação relatam que a vítima patrocinava diversas situações envolvendo o autor do crime, como carteira de motorista, viagens e objetos pessoas”, diz a delegada da PCPR, Tathiana Guzella.

“Paralelo a esse patrocínio, há notícias no inquérito policial de que a vítima se queixava há muito tempo, e inclusive poucos dias antes de sua morte, de que estaria sumindo dinheiro de seu apartamento, sumindo dois notebooks, entre outros pertences”, completa.

De acordo com as investigações da PCPR, após matar a vítima, o suspeito teria furtado cartões de crédito, o celular e o carro. Ele era procurado pela Polícia Civil, que havia pedido ajuda à população para coletar informações sobre o suspeito.

Informalmente, o preso confessou aos policiais o assassinato e o furto do carro do professor, usado para fugir para Ponta Grossa, onde reside. O jovem vai ser interrogado na Delegacia de Polícia Civil nesta quinta-feira (23).