Suspeito é preso após encenar a própria morte com “sangue de ketchup”

Andreza Rossini


Um rapaz de 22 anos foi preso em Campo Mourão, na região centro-oeste do Paraná, após simular a própria morte para despistar a polícia local.

Ele era procurado por suspeita de homicídio, tráfico de drogas, roubo e furto. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Gustavo de Pinho Alves, o próprio suspeito acionou a polícia. “Foi publicado nas redes sociais e acionado a PM de que havia ocorrido um homicídio na cidade. Após os policiais tomarem conhecimento desse fato, foram até o local indicado na ligação e constataram que não havia nenhuma situação no interior da casa”. O local estava sujo de ketchup para simular sangue.

Os vizinhos afirmaram aos policiais que o suspeito estava morando em outro local. “Quando os policiais entraram na casa indicada, após autorização da mãe dele, encontraram o suspeito, munições e um rádio de comunicação da Polícia”, contou.

Um amigo teria tirado a foto do falso homicídio e é procurado pela polícia.

Ele foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, comunicação falsa de crime e por violação de comunicação telegráfica.

O rapaz está detido à disposição da Justiça.

 

Previous ArticleNext Article