Suspeito de matar e queimar corpo de empresário curitibano é preso em SC

O suspeito de matar o empresário Sérgio de Abreu foi preso na semana passada em Joinville, em Santa Catarina. O corpo da..

Redação - 08 de maio de 2020, 11:58

Fábio Dias/PCPR
Fábio Dias/PCPR

O suspeito de matar o empresário Sérgio de Abreu foi preso na semana passada em Joinville, em Santa Catarina. O corpo da vítima foi encontrado no dia 8 de outubro de 2018, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba.

A prisão aconteceu após ação conjunta da PCPR (Polícia Civil do Paraná) e as polícias Civil e Militar de Santa Catarina.

HOMICÍDIO DE EMPRESÁRIO ACONTECEU APÓS NEGOCIAÇÃO

Durante as investigações, foi descoberto que na noite que antecedeu o crime, o empresário, de 44 anos, teria ido até uma casa noturna se encontrar com Edson Diniz, de 36 anos.

Conforme o relato de testemunhas, a vítima estaria tentando comprar a casa noturna e acabou se desentendendo com o proprietário do local, que cometeu o crime na sequência.

Após os laudos periciais, foi possível verificar que a vítima foi morta com diversos golpes de faca, depois teve o corpo queimado. O veículo dele foi abandonado no mesmo dia, horas depois, no bairro Hauer.

No decorrer das diligências, a PCPR analisou diversas câmeras de segurança que auxiliaram na confirmação da identificação do principal suspeito do homicídio.

"Foi uma investigação muito complexa e demorada, em que conseguimos chegar na autoria através de imagens de câmeras de segurança. Porque o criminoso, ao abandonar o carro, teve sua imagem registrada indo até um terminal de ônibus", disse Tito Livio Barichello.

A prisão preventiva do investigado foi decretada ainda no ano de 2018 e desde então o mesmo encontrava-se foragido.