Operação DNA prende servidores acusados de desviar recursos públicos

A polícia cumpriu, nesta terça-feira (05), um mandado de busca e apreensão na Prefeitura de Virmond, região Centro-sul d..

Jordana Martinez - 05 de julho de 2016, 14:49

A polícia cumpriu, nesta terça-feira (05), um mandado de busca e apreensão na Prefeitura de Virmond, região Centro-sul do Paraná. Cinco pessoas foram presas suspeitas de participarem de um esquema de desvio de dinheiro público, fraude em licitação, emissão de notas frias e cobranças de propina.

O esquema funcionava dentro da própria prefeitura. Os mandados, cumpridos por policiais militares, foram pedidos pela Promotoria de Cantagalo, também na região Centro-Sul do estado. Entre os investigados da operação DNA está o secretário de Finanças de Virmond – que é filho da atual prefeita.

De acordo com o Ministério Público, uma família de contadores também é alvo das investigações. Eles lideravam uma organização criminosa envolvida em fraudes a licitações.  O esquema de corrupção gerou um prejuízo de pelo menos R$ 200 mil.

Todos os mandado judiciais foram expedidos pela Comarca de Cantagalo e foram cumpridos em cidades da região Centro-Sul: Cantagalo, Virmond e Turvo.