Tarifa de táxi tem reajuste de 29% em Curitiba, confirma Urbs

Segundo a Urbs, o reajuste médio de 29,6% é abaixo da inflação medida pelo IPCA ( Índice de Preços ao Consumidor Amplo) acumulada entre 2016 e 2022, de 38,33%

Redação - 01 de abril de 2022, 11:08

Foto: Luiz Costa/SMCS
Foto: Luiz Costa/SMCS

Andar de táxi ficou mais caro a partir desta sexta-feira (1) em Curitiba. A Urbs (Urbanização de Curitiba) anunciou reajuste na tarifa do serviço, que estava congelada desde 2016. O reajuste médio é de 29,6%.

Curitiba tem 2.511 veículos táxi ativos. A nova tabela está prevista no decreto 440/2022, publicado no fim desta quinta-feira (31).

Os novos valores no táxi convencional, de cor laranja, preveem bandeirada inicial de R$ 5,40, o mesmo já praticado. O quilômetro rodado na badeira 1 passa de R$ 2,70 para R$ 3,50.

Na bandeira 2, cobrada das 20h às 6h, o quilômetro rodado passa de R$ 3,30 para R$ 4,28. A hora parada, antes em R$ 24, passa a ser de R$ 31.

Táxis convencionais de Curitiba operam na cor laranja. Foto: Rafael Nascimento

No táxi executivo, que operam na cor preta, a bandeirada inicial de R$ 7,15, será mantida. O preço do quilômetro rodado na bandeira 1 subiu de R$ 3,60 para R$ 4,67. Na bandeira 2, o valor do quilômetro rodado passa de R$ 4,40 para R$ 5,70.

A hora parada passa de R$ 31,20 para R$ 40,45.

Segundo a Urbs, o reajuste médio de 29,6% é abaixo da inflação medida pelo IPCA ( Índice de Preços ao Consumidor Amplo) acumulada entre 2016 e 2022: 38,33%.

Os novos valores também são inferiores à inflação do combustível no período, que foi de 140%.