Tartaruga-cabeçuda é encontrada morta em praia de Matinhos

Grasiani Jacomini - CBN Curitiba


Uma tartaruga-cabeçuda foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (20) em um dos balneários da praia de Matinhos. Profissionais do Laboratório de Ecologia e Conservação da UFPR fizeram a retirada da tartaruga da praia. As causas da morte estão sendo analisadas.

Segundo levantamento do laboratório, o número de animais marinhos encontrados nas praias aumentou nos últimos meses. Foram mais de 600 registros de aves, golfinhos, lobos marinhos, e tartarugas marinhas.

A coordenadora do Laboratório de Ecologia e Conservação da UFPR, Camila Domit, explica que ventos fortes chegaram à costa do litoral do Paraná entre setembro e outubro. Esse pode ser um dos fatores para o aumento dos encalhes de fauna marinha, além da intensificação de atividades humanas nocivas ao meio-ambiente.

“Tivemos em torno de 35 tartarugas-cabeçudas encontradas esse mês, aqui no litoral do Paraná. Então, essa foi mais uma ocorrência. Assim como estamos vendo com outras espécies, os encalhes aumentaram. O CEM está buscando mais informações para entender esse aumento da frequência de ocorrência de encalhes de animais marinhos no nosso litoral nestes últimos dois meses”, disse Domit.

Caso animais sejam encontrados mortos ou com vida nas praias do estado, profissionais do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) devem ser acionados.

O telefone do Projeto de Monitoramento de Praias é 0800-642-3341. A ligação é gratuita. O projeto funciona todos os dias das 8h30 às 17h30.

Previous ArticleNext Article