Técnica de enfermagem morre pelo coronavírus em Cascavel

Jorge de Sousa

coronavírus

Cascavel registrou sua primeira morte em uma profissional de saúde devido ao novo coronavírus (Covid-19) na noite deste sábado (20).

Carla Priscila Chaikoski tinha 30 anos e trabalhava como técnica de enfermagem em um hospital de Cascavel, mas estava afastada do trabalho cumprindo licença maternidade.

A técnica de enfermagem havia dado a luz a um menino no início de junho. A criança não apresenta sintomas da doença e passa bem.

Essa foi a 31ª morte pelo coronavírus em Cascavel, com o município sendo o vice-líder de casos confirmados da Covid-19 no Paraná com 1.174 ocorrências totais segundo a Sesa (Secretaria Estadual da Saúde).

Como diversos municípios da Região Oeste do Paraná, Cascavel tem apresentado um crescimento exponencial dos casos de coronavírus nas últimas duas semanas.

Por isso, a Prefeitura de Cascavel anunciou nesta sexta-feira (19) que apenas farmácias, laboratórios e hospitais ficarão abertos na cidade neste final de semana.

Também estão liberados o serviço de delivery de alimentos, gás de cozinha, medicamentos, produtos de higiene e de rações e remédios para animais de estimação.

Até mesmo postos de combustíveis e supermercados estarão fechados, sendo necessário que os habitantes tenham que sair do perímetro urbano de Cascavel para abastecer seus carros nas rodovias que cercam o município.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o aumento de casos está relacionado com o crescimento nos testes feitos na cidade.

Segundo o órgão, Cascavel é o município que mais realizou testes no Paraná com 3.770 exames feitos até a última sexta-feira.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="705051" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]