Tecpar inaugura laboratório natural de mosquitos

Andreza Rossini


Do Metro Curitiba

O Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná) e a Forrest Brasil Tecnologia, empresa com a qual o Tecpar tem uma aliança tecnológica, inauguraram ontem o laboratório de controle natural de mosquitos.

A unidade, instalada no Parque Tecnológico do Norte Pioneiro, em Jacarezinho, vai executar o projeto de pesquisa, desenvolvimento e inovação com o objetivo de controlar o Aedes aegypti. Inédito, o projeto-piloto busca produzir e liberar na natureza machos estéreis do “mosquito da dengue”.

A tendência é que haja a queda da incidência do Aedes aegypti em até 90%, com redução significativa de registros de casos de dengue, zika e chikungunya. De acordo com a Forrest Brasil Tecnologia, os mosquitos estéreis competirão na natureza com os mosquitos selvagens, o que acarreta na consequente redução da proliferação do inseto, inclusive das fêmeas, que são as transmissoras das doenças.

“Conforme os resultados em Jacarezinho sejam positivos, a aplicação desta tecnologia será estendida a outros municípios brasileiros que sofrem com a presença de doenças transmitidas por esse vetor”, explicou o gerente-geral da empresa, Joel Krieger.

Já com licença prévia do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), o primeiro teste em campo deverá ser feito em janeiro. No mês seguinte ocorrerá a liberação dos mosquitos, após a obtenção de todas as licenças junto ao órgão ambiental.

Como vai funcionar

No início do projeto é feita a coleta de ovos do mosquito. A partir desses ovos serão produzidos os mosquitos machos, que em laboratório receberão uma alimentação com produtos que garantam sua esterilidade.

Previous ArticleNext Article