Telhado de concessionária desaba e cliente fica ferido no Paraná; VÍDEO

Angelo Sfair e Ana Cláudia Freire

telhado, desabou, desabar, desabamento, concessionária, veículos, carros, ubiratã, paraná, cliente, ferido, bombeiros, perícia 1

Um homem ficou ferido após o telhado de uma concessionária de veículos desabar na manhã desta sexta-feira (21), em Ubiratã, no interior do Paraná. Ele era um cliente que havia acabado de entrar no estabelecimento quando aconteceu o acidente, por volta das 10h.

De acordo com os bombeiros de Ubiratã, o cliente ferido recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado a um hospital da região. O ferimento não foi grave, conforme o socorrista que prestou atendimento.

O telhado da concessionária de veículos cedeu no momento em que um climatizador era instalado. De acordo com os bombeiros de Ubiratã, quatro trabalhadores estavam no telhado. Um guindaste era usado para mover o equipamento.

De acordo com o agente Franklin Merten, do Bombeiro Comunitário de Ubiratã, tudo aconteceu muito rápido.

“As pessoas que estavam no telhado e também na loja relataram que não houve muito tempo pra reagir. Só ouviram um estrondo no teto da loja e tudo veio abaixo”, relatou ao Paraná Portal.

“A maior parte da cobertura cedeu na parte onde estavam os carros estacionados e por sorte somente uma pessoa ficou ferida”, completou o agente do Bombeiro Comunitário de Ubiratã.

Além disso, cinco pessoas estavam no pátio da concessionária de veículos. Nenhum funcionário se feriu.

Conforme protocolo dos bombeiros, o local foi isolado para investigação. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas.

PERÍCIA APURA DESABAMENTO DE TELHADO

Apenas o trabalho de perícia poderá apontar a real causa do desabamento do telhado da concessionária de veículos de Ubiratã, que fica na região centro-oeste do Paraná, a cerca de 80 km de Cascavel.

Os bombeiros e a seguradora do estabelecimento trabalham no caso.

A perícia investiga se o telhado da concessionária cedeu devido a uma possível queda do climatizador, que era manejado com o apoio de um guindaste.

Além disso, existe a possibilidade de a estrutura do telhado não ter suportado o peso dos cinco trabalhadores que realizam o serviço de instalação.

VEJA FOTOS DA CONCESSIONÁRIA DE UBIRATÃ, NO PARANÁ

Previous ArticleNext Article