Tempestade chega no Paraná nesta terça-feira (10) com fortes ventos e raios

Redação

temporais paraná sem luz energia copel

O tempo no Paraná segue instável e com previsão de temporal durante a tarde desta terça-feira (10) em diversas regiões do Estado. Isso acontece porque a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera continua favorável a formação de nuvens carregadas.

MUDANÇA NO TEMPO DO PARANÁ

Algumas regiões do Estado devem registrar sol e temperaturas altas durante o dia, porém, o tempo no Paraná fica instável no final de tarde e o tempo firme dá lugar ao temporal com fortes ventos e raios. A previsão é da ClimaTempo.

Já segundo o Simepar, a massa de ar que predomina no Estado é ainda aquecida e úmida, situação que favorece a formação de áreas de instabilidade. “A partir da tarde o risco de tempestades é mais elevado, situação bastante comum na primavera”, explica.

A tendência é que as pancadas de chuva continuem ocorrendo na maior parte do Sul do Brasil durante a quarta-feira (11), já que o ar mais seco vai ganhando força nos três estados da região até sexta-feira (14).

ALERTA DE TEMPORAL LARANJA PARA CURITIBA

Para o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o alerta de temporal é laranja em Curitiba e Região Metropolitana e engloba chuvas entre 30 e 60 mm/h, granizo e ventos fortes. O alerta foi emitido ontem e vale até 23h59 de hoje. Porém, o Simepar lembra que o registro de tempestades é uma situação bastante comum na primavera.

A previsão de tempestade chega uma semana depois do registro de queda de granizo na Capital, que deixou algumas regiões da cidade com as ruas branquinhas. O fenômeno aconteceu devido ao encontro da umidade vinda do oceano com a atmosfera aquecida na região leste do estado.

Situações de emergência em decorrência de alagamentos e vendavais podem ser comunicadas à Defesa Civil pelo telefone 199. Já o cidadão que precisar comunicar a Prefeitura sobre estragos provocados pela chuva deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site (www.central156.org.br) ou pelo aplicativo do serviço.

Previous ArticleNext Article