Temporais matam uma pessoa afetam cerca de 5 mil no Paraná

Andreza Rossini


As fortes chuvas que atingem o Paraná desde o final da última semana afetaram 4.730 pessoas, de acordo com o último boletim da Defesa Civil, divulgado na manhã desta terça-feira (31).

Uma pessoa morreu em Cascavel, no oeste do Paraná, vítima da tempestade com ventos fortes, no último domingo (29). Em todo o município, 226 pessoas foram afetadas e 29 casas foram atingidas.

No total, 44 municípios foram atingidos, 106 pessoas foram desalojadas e 103 permanecem nessa situação. As chuvas também deixaram 35 desabrigados e 32 ainda estão em abrigos públicos. Uma casa ficou completamente destruída e 321 foram atingidas.

A cidade de Santa Cruz do Monte Castelo foi a mais atingida, com 2 mil pessoas afetadas pelas enxurradas, seguida por Santa Isabel do Ivaí, com 664 afetados, quatro pessoas desalojadas e seis casas danificadas.

Nenhuma ocorrência foi registrada em Curitiba e Região Metropolitana.

Situação de emergência

A prefeitura de Cambará, no norte do estado, decretou situação de emergência. 553 pessoas foram afetadas pelas enxurradas no município, 25 estão desabrigadas e 160 casas foram danificadas. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira (31) e possibilita que o município receba recursos federais para a recuperação dos danos.

Previsão do tempo 

As condições para chuva se afastam do Paraná, nesta terça-feira (31), de acordo com o Simepar. Entre o litoral, região de Curitiba, parte dos Campos Gerais e o norte pioneiro ainda há risco de chuvas localizadas. As temperaturas sobem em relação a segunda-feira. No interior do estado, o sol aparece entre nuvens.

 Na quarta-feira (1) o sol vai predominar sobre todo o estado. No início da manhã a nebulosidade varia um pouco entre os Campos Gerais, RMC e Litoral. As temperaturas voltam a ficar elevadas no interior, com valores próximos aos 30°C entre o oeste e o noroeste à tarde, por exemplo. .

 

Previous ArticleNext Article