Tiradentes: cinco mortes registradas nas rodovias federais do PR

Operação do feriado foi encerrada às 23h59 de domingo (24) pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Neste ano, foram quatro dias de fiscalização.

Redação - 25 de abril de 2022, 15:43

(Foto: PRF)
(Foto: PRF)

A Operação Tiradentes foi encerrada às 23h59 de domingo (24) pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Desde quinta-feira (21) até então, foram registradas cinco mortes nas rodovias federais do Paraná.

Em 2022, foram quatro dias de operação. Ao todo, 143 motoristas foram flagrados ultrapassando em locais proibidos; 97 veículos não tinham todos os passageiros com cinto de segruança; 69 pessoas foram detidas por embriaguez ao volante; e 11 detidas por crime de trânsito.

Durante o feriado, foram 92 acidentes de trânsito registrados; 81 pessoas ficaram feridas e cinco morreram.

Em comparação ao mesmo período de 2019, o ano mais recente com similaridade no prolongamento do feriado e sem a incidência da pandemia do novo coronavírus, os números apresentam estabilidade no número de acidentes e mortes e redução considerável na quantidade de acidentes graves e feridos. 

Os números apresentaram redução de mortes em relação ao mesmo feriado prolongado de 2020, mesmo que naquele ano já tivesse sido declarado o estado de emergência por conta da Covid-19 e impostas restrições de circulação.

OPERAÇÃO TIRADENTES NOS ANOS ANTERIORES

Em 2019, o feriado de Tiradentes ocorreu durante o período de Páscoa. Na ocasião, foram 99 acidentes, sendo 22 deles graves, com 113 feridos e quatro mortos.

Já em 2020, com a pandemia da Covid-19, foram 65 acidentes, 14 deles considerados graves, com 61 feridos e nove mortos.

Em 2021, a data não teve feriado prolongado, pois ocorreu no meio da semana, numa quarta-feira.

E agora, em 2022, foram 92 acidentes, 16 deles graves, com 81 feridos e cinco mortos.