Trabalhadores da coleta seletiva cruzam os braços

Fernando Garcel


Os funcionários da coleta seletiva contratados pela Kurica Ambiental em Londrina, no norte do Paraná, paralisaram as atividades nesta quinta-feira (19).

De acordo com os trabalhadores, o motivo é a falta de segurança dos caminhões usados pela empresa para recolher os materiais.

Eles também reivindicam a troca de luvas que, segundo os funcionários, estão rasgando facilmente. Além dos uniformes que não foram trocados. Os trabalhadores afirmam que não vão retornar ao trabalho até a solução dos problemas.

Previous ArticleNext Article