Sanduíches e drogas no débito ou crédito; Lanchonete era fachada para o tráfico no PR

Angelo Sfair - BandNews FM Curitiba

operação denarc trafico drogas lanchonete maringá

Traficantes que usavam uma lanchonete para vender e comprar drogas em Maringá, no norte do Paraná, são alvos de uma operação da Polícia Civil desencadeada na manhã desta quinta-feira (06).

De acordo com as investigações, o estabelecimento “de fachada” era usado para encobertar os crimes.

Além disso, conforme a polícia, o líder do tráfico aproveitava a estrutura da lanchonete para aceitar o pagamento pelas drogas por meio de cartões de crédito e débito.

Cerca de 50 policiais civis e militares estão nas ruas para cumprir seis mandados de prisão preventiva, por tempo indeterminado, além de oito mandados de busca e apreensão. Os mandados foram autorizados pela Justiça do Paraná.

Um helicóptero do batalhão de operações aéreas presta apoio à operação,  que acontece simultaneamente em seis bairros de Maringá.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações duraram cerca de cinco meses e teve a colaboração da  PM (Polícia Militar).

Conforme a apuração, o principal alvo da operação é suspeito de fornecer drogas para duas quadrilhas envolvidas com o tráfico de drogas em Maringá.

A lanchonete de fachada atendia tanto traficantes, que pegavam os entorpecentes para revender, quanto consumidores finais.

A Polícia Civil deve divulgar um balanço sobre o cumprimento dos mandados ainda nesta quinta.

A operação é coordenada pelo núcleo da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) em Maringá.

Previous ArticleNext Article