Instituto lança novo site para aproximar a população sobre o transplante de medula óssea

Redação

novo site do instituto TMO sobre a doação de medula óssea

O Instituto Alírio Pffifer/TMO, em Curitiba, apresentou nesta semana um novo site que tem o objetivo de aproximar ainda mais a população sobre o transplante de medula óssea, causa trabalhada pelo projeto há mais de 30 anos.

O endereço institutotmo.org.br facilita a navegação e busca por assuntos, além de trazer a missão do instituto em um toque considerado inovador. Na página, os usuários encontram a história do Instituto TMO, um retrospecto de sua trajetória, projetos e serviços prestados pela instituição, formas de apoiar esse trabalho, depoimentos de pessoas que receberam apoio, informações sobre doação de medula, notícias sobre eventos e detalhes sobre o funcionamento da Casa Malice, onde são abrigados pacientes em tratamento de transplante de medula óssea de fora de Curitiba.

“O novo site do Instituto TMO é uma importante ferramenta que chega para aproximar ainda mais o Instituto da comunidade. É uma forma de dar continuidade a essa bonita história de mais de 30 anos de apoio ao transplante de medula óssea”, afirma Bettina Muradás, vice-presidente do Instituto TMO.

O Instituto TMO, criado em 1988, é uma entidade beneficente e sem fins lucrativos, que oferece apoio a centros de transplante, pacientes e seus familiares. Pela qualidade dos serviços prestados, tornou-se referência nacional no suporte aos serviços de transplante de medula óssea em todo o país.

O carro-chefe entre os projetos desenvolvidos é a Casa Malice, que oferece acolhimento temporário a não residentes em Curitiba e seus acompanhantes durante o período de tratamento pós-transplante. Em média, a Casa Malice acolhe cerca de 30 pessoas por mês. São pessoas em situação de vulnerabilidade, sem condições de custear suas despesas durante o período de tratamento, que pode levar de 120 dias a um ano.

Desde 2016, já foram acolhidas mais de 380 pessoas, um total de quase nove mil diárias. Os usuários recebem também acompanhamento assistencial, apoio na compra de medicamentos, encaminhamentos para os serviços da
rede de apoio, atendimento psicológico e orientação nutricional. O Instituto TMO também atua para facilitar o acesso de profissionais da saúde a cursos e congressos internacionais.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782366" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]