Transporte coletivo de Curitiba tem apoio do Exército na orientação de passageiros

O transporte coletivo de Curitiba ganha reforço do Exército, na próxima quinta-feira (14), para orientar passageiros nos..

Redação - 08 de maio de 2020, 11:00

Uso da máscara é obrigatório em todo o Paraná. (Luiz Costa/SMCS)
Uso da máscara é obrigatório em todo o Paraná. (Luiz Costa/SMCS)

O transporte coletivo de Curitiba ganha reforço do Exército, na próxima quinta-feira (14), para orientar passageiros nos terminais urbanos. Os militares vão reforçar as medidas preventivas contra o coronavírus.

A operação é uma força-tarefa, que terá um efetivo de 80 soldados, para ajudar os agentes da Guarda Municipal, da Defesa Social e da fiscalização da Urbs. O reforço deve durar, inicialmente, 10 dias.

“Os soldados serão um reforço importante ao efetivo de fiscais que já vêm promovendo esse trabalho de conscientização da população. O caráter dessa operação é orientativo”, explica o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

A força-tarefa do Exército no transporte coletivo de Curitiba será concentrada –entre 5h30 e 8h30 e entre 16h30 e 19h30– nos principais terminais da Capital:

  • Pinheirinho;
  • Santa Cândida;
  • Cabral;
  • Centenário;
  • Boqueirão;

Além disso, o Exército também fará orientações nas estações-tubo das praças Carlos Gomes, Rui Barbosa e estação Central. No total, serão 40 soldados em cada período.

Além de atuar no transporte coletivo, o Exército também vai ajudar a organizar as filas nas áreas externas a agências da Caixa Econômica Federal. A ação vai se dar em 18 agências do banco.