Travesti é presa na BR-282 após assassinar empresário a tiros no Paraná

Redação

travesti presa empresário paraná br-282 Santa Catarina

Uma travesti foi presa na BR-282 após ter assassinado a tiros um empresário em Pato Branco, no Paraná. Ela foi detida na noite deste domingo (12), por volta das 22h, já em Xaxim, município de Santa Catarina.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a Polícia Civil repassou informações do caso: o homem de 37 anos morreu após ser atingido por três disparos. Com a informação do carro utilizado na fuga da suspeita, a PRF fez a abordagem na BR-282.

Ainda conforme as informações da PRF, a travesti tem 24 anos e trabalha como garota de programa. Após ser detida, ela confessou o crime e afirmou que jogou a arma do crime no Rio Chapecó, na divisa de Quilombo e Coronel Freitas, ambos municípios de Santa Catarina.

Além disso, o carro utilizado por ela na fuga, uma Chevrolet Captiva, estava com o vidro traseiro estilhaçado.

A prisão em flagrante foi registrada pela PRF na Delegacia da Polícia Civil em Pato Branco. O carro, com o licenciamento vencido, foi removido ao pátio.

Por fim, a travesti foi autuada por homicídio. Caso seja condenada por homicídio simples, a pena varia de seis a 20 anos de prisão. Já a condenação por homicídio qualificado vai de 12 a 30 anos.

Previous ArticleNext Article