Trincheira é totalmente liberada e facilita o tráfego de 25 mil veículos na RMC

Brunno Brugnolo, Metro Jornal CuritibaO trânsito por baixo da nova trincheira no cruzamento da rodovia João Leopoldo Jac..

Fernando Garcel - 04 de outubro de 2016, 09:56

Brunno Brugnolo, Metro Jornal Curitiba

O trânsito por baixo da nova trincheira no cruzamento da rodovia João Leopoldo Jacomel (PR-415) com a rua Jacob Macanhan, em Pinhais, foi liberado para veículos e pedestres nessa segunda-feira (3). O trecho estava fechado para as obras desde o fim de agosto do ano passado.

Cerca de 25 mil veículos que trafegam diariamente no local ganham segurança e agilidade no trânsito entre a capital, Pinhais e Piraquara, na RMC. O tráfego sobre a trincheira — no perímetro urbano — já estava liberado desde o fim de julho. Além da rodovia, os quatro acessos laterais que ligam a PR-415 ao centro e aos bairros de Pinhais também foram liberados para o trânsito.

A obra é mais uma etapa da duplicação e modernização de 14 km da rodovia entre Curitiba e Piraquara, que começou no segundo semestre de 2014, ficou em marcha lenta por um ano e retomou a velocidade há cerca de 14 meses, já com reflexos do ajuste fiscal do governo. "Decidimos executar a duplicação e modernização desta importante via, que demanda R$ 162 milhões do caixa próprio do estado. Apenas nesta trincheira foram investidos R$ 14 milhões", disse o governador Beto Richa (PSDB), presente à inauguração.

Outra etapa em execução há cerca de quatro meses é a fundação do viaduto próximo ao supermercado Carrefour, também em Pinhais. A estrutura terá 200 metros de extensão, 26,6 metros de largura e irá isolar a linha férrea que passa pela rodovia. A previsão é que as obras do viaduto sejam concluídas em meados do ano que vem.

O trecho com 3,9 km, entre Curitiba e Pinhais (Rio Atuba e o Carrefour), deve ter as obras iniciadas entre novembro e dezembro deste ano, com conclusão prevista para julho/agosto do ano que vem. Cada sentido vai ganhar mais uma faixa — hoje são duas faixas em cada sentido. A parte mais avançada da obra, cerca de 7 km a partir da trincheira da Rua Jacob Macanhan, deve ficar pronta até o fim deste ano. A capa de asfalto definitiva começa a ser colocada a partir deste mês.