TCE destina R$ 18 milhões para auxiliar estudos da vacina da UFPR contra a covid

Vinicius Cordeiro

vacina ufpr contra covid-19 tce

A pesquisa da vacina contra covid-19 desenvolvida pela UFPR (Universidade Federal do Paraná) vai ter o apoio de R$ 18 milhões destinados pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O recurso é repassado por intermédio do governo estadual e garante a continuidade dos testes pré-clínicos do imunizante com a estruturação dos laboratórios onde serão feitas as próximas fases do estudo.

O acordo foi finalizado nesta segunda-feira (12) em reunião do governador Ratinho Junior com o presidente do TCE, Fabio Camargo, e o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca. O valor é fruto de economias nas despesas do TCE no atual exercício. O órgão vai antecipar a devolução do recurso superavitário ao Tesouro Estadual, o que seria feito no final do ano, para que o governo do Paraná faça o repasse imediato à UFPR. A previsão é que o pagamento já ocorra na semana que vem.

“Esse recurso vai viabilizar, dentro da universidade, a estipulação de alguns laboratórios que tenham capacidade técnica de desenvolver os imunizantes. É uma etapa fundamental desse processo, que é tão sensível e regrado, e também muito custos. A vacina tem potencial para imunizar contra a Covid, que é a grande emergência atual, mas também há a possibilidade de a tecnologia ser usada no combate a outras doenças a médio e longo prazo”, explicou o reitor da UFPR.

O desenvolvimento da vacina pelos pesquisadores já tinha contado com investimento de R$ 700 mil do governo do Paraná em abril. Agora o TCE amplia os esforços para que haja sequência nos trabalhos.

“Provavelmente, a vacinação contra a Covid-19 será semelhante à da gripe, com o trabalho de imunização feito todos os anos. E a UFPR, uma universidade centenária que é grande parceira do Estado, tem avançado na pesquisa de uma vacina paranaense”, ressalta o governado Ratinho Junior.

TCE TEM COMPROMISSO COM A VIDA, DIZ PRESIDENTE

Já o presidente do TCE, Fábio Camargo disse que houve um esforço dentro do órgão para reduzir os gastos, o que já tinha permitido um repasse de R$ 20 milhões ao governo do Paraná em abril para ampliar as ações de enfrentamento à Covid-19. No ano passado, o TCE também chegou a destinar recursos para a área, juntando-se aos repasses feitos pela Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público e por outros órgãos e empresas paranaenses.

“Nossa orientação, desde o início da pandemia, é maximizar o uso dos recursos financeiros, para economizar e contingenciar o máximo possível as despesas. Fizemos um compromisso com a vida. Sabemos desse trabalho sério da UFPR e resolvemos utilizar o valor economizado para apoiar a pesquisa da vacina paranaense. É um compromisso que já tem data para acontecer, não precisamos esperar o ano acabar”, aponta ele.

VACINA DA UFPR CONTRA A COVID-19

O imunizante é desenvolvido desde o ano passado e deve ser submetido à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ainda em 2021 para passar a ser testado em humanos.

O trabalho da UFPR pela vacina foi um dos temas da entrevista do reitor Ricardo Marcelo Fonseca. Assista e se inscreva no nosso canal do Youtube.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="775146" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]