Uma semana depois da neve, Paraná chega a 32º nesta sexta (28)

Ana Cláudia Freire

Há exatamente uma semana o Paraná  registrava a ocorrência de neve no Pico Araçatuba, em Tijucas do Sul
Primavera - Paraná - Curitiba - Chuvas - Temperaturas

Uma semana depois da massa polar que passou pelo estado trazendo chuva congelada e neve ao Paraná, a previsão do tempo para esta sexta-feira (28), pode passar dos 30 graus em todo o estado. Em Jacarezinho, os termômetros podem marcar  32º nesta tarde.

Segundo o meteorologista do Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento do Paraná), Samuel Braun, o dia amanheceu com restrição de visibilidade em parte dos Campos Gerais, RMC e litoral do Paraná. Já no sudoeste, oeste, noroeste e no norte pioneiro há pouca nebulosidade.

Embora a previsão das temperaturas máximas esteja elevada, as mínimas ficaram baixas em várias cidades do centro e do sul paranaense: abaixo dos 5°C em General Carneiro, São Mateus do Sul e Ponta Grossa.

Foz do Iguaçu e Francisco Beltrão devem chegar a 30º nesta sexta. Em Curitiba, Guarapuava e Telêmaco Borba os termômetros podem registrar 28º.

No final de semana as temperaturas mínimas devem subir um pouco e as máximas continuam altas, na casa dos 30º, em todo o Paraná.

CONFIRA NO MAPA AS TEMPERATURAS MÍNIMAS E MÁXIMAS PARA O ESTADO PARA ESTA SEXTA-FEIRA (28)

mapa sexta simepar
Simepar

PARANÁ REGISTROU NEVE E CHUVA CONGELA NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA

Há exatamente uma semana o Paraná  registrava a ocorrência de neve no Pico Araçatuba, em Tijucas do Sul, que fica a pouco mais de 60 quilômetros da capital paranaense. Além da neve, a capital registrou chuva congelada em alguns bairros na noite desta sexta-feira (21), com uma temperatura na casa dos 4°.

Vídeos nas redes sociais apontaram a ocorrência de neve na divisa entre Curitiba e Araucária, enquanto os focos de chuva congelada foram nos bairros Jardim das Américas e Uberaba.

“Com uma presença mais significativa de nebulosidade em parte do leste do Paraná, na região metropolitana de Curitiba e na própria capital, alguma chuva fraca e isolada ocorre nas últimas horas. Com temperaturas muito baixas na região a tendência e de se observar em alguns pontos chuva congelada”, apontou o meteorologista do Simepar Fernando Mendes

A neve é resultado da forte onda de massa polar que veio da Argentina, classificada pelo MetSul como “excepcionalmente forte para a segunda metade de agosto”. Isso causou a queda nas temperaturas, principalmente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina onde dezenas de cidades tiveram neve.

A capital paranaense registrou neve apenas em duas ocasiões: 1975 com uma forte precipitação e em 2013 com ocorrências em alguns pontos de Curitiba e em menor concentração.

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal