Urbs irá destinar fiscais para evitar aglomerações nos ônibus em Curitiba

Jorge de Sousa

câmara municipal de curitiba, projeto de lei, divulgação, antecedência, reajuste, reajustes, tarifa, tarifas, transporte, transportes, ônibus, passagens, vt, vale transporte, urbs, curitiba, prefeitura, cmc

Para evitar aglomerações nos ônibus em Curitiba, a Urbs (Urbanização de Curitiba) irá destinar fiscais em terminais e linhas de maior movimento da capital paranaense.

Segundo a Urbs não foi criado um limite específico de passageiros por ônibus, com os fiscais tendo o papel de orientar os usuários a utilizarem o bom senso e esperarem a próxima linha.

“Estamos tomando medidas para preservar a população e nossos funcionários da propagação do vírus”, explicou o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto. O órgão ainda não confirmou se irá reduzir o número de veículos disponíveis, sendo essa medida ainda estudada pela entidade.

Ainda dentro do transporte público de Curitiba, a Urbs anunciou que irá tirar de circulação os veículos da Linha Turismo a partir desta sexta-feira (20) e que enquanto o período escolar estiver suspenso os cartões de estudante não irão funcionar nas catracas.

MUDANÇAS NO ATENDIMENTO AO PÚBLICO

A partir desta segunda-feira (23) todo atendimento para a criação do cartão-transporte terá que ser agendamento pelo site da Urbs. Além disso, o horário disponível será apenas entre às 11h e 17h nas sedes da Rodoferroviária e também nas Ruas da Cidadania. Por enquanto, a medida será válida apenas até o dia 31 de maio.

Também foi anunciado pela Urbs que a ala interestadual da Rodoferroviária estará fechada pelos próximos 14 dias, seguindo decreto do Governo Federal para evitar a circulação de ônibus interestaduais. Segundo órgão, cerca de quatro mil pessoas circulavam pela área em dias normais.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="689512" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]