UTI de hospital da região norte do Paraná atinge 117% de ocupação

Mirian Villa

A ala é destinada a 41 pacientes, porém, 48 pessoas estavam internados nesta segunda-feira (28)
fila, leitos, uti, paraná, covid, covid-19, coronavírus, sesa, secretaria de estado da saúde

A UTI Geral do Hospital Universitário de Londrina, na região norte do Paraná, atingiu 117% de ocupação na manhã desta segunda-feira (28). A ala é destinada a 41 pacientes, porém, 48 pessoas estavam internados hoje.

Já a ocupação dos leitos exclusivos para tratamento de pacientes da Covid-19 está em 82%, com 66 pessoas internadas na ala. Porém, a diretoria do Hospital Universitário de Londrina alerta para um aumento expressivo no número de casos em janeiro, após as festas de final de ano.

“Com as festas de Natal e Ano Novo tem-se a expectativa do aumento no número de novos casos de Covid-19 e a preocupação estende-se ao adoecimento da equipe multiprofissional do HU-UEL, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentre outros, que atendem os 454 leitos hospitalares em funcionamento no hospital”, alerta Luiza Moriya, Diretora Superintendente do HU.

Por causa da superlotação na UTI Geral do Hospital Universitário de Londrina, transferências de pacientes confirmados com Covid-19 para o Hospital do Coração, que fica no mesmo município. “Não estamos restringindo o atendimento, mas estamos a pouco de ocupação de leitos maior. Assim tudo deve ser referenciado pela Central de Leitos”, finalizou Luiza.

Ainda em Londrina, o Hospital Evangélico permanece com taxa de ocupação em 100% na UTI Covid-19, que tem capacidade para atender 10 pacientes. Além disso, a enfermaria do hospital apresenta 90% de ocupação.

Leia abaixo a nota emitida pelo HU de Londrina!

“O Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina mantém-se como referência para pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19.

A incidência da doença continua aumentando mundialmente, assim como ocorre na cidade de Londrina. Na data de hoje, 28/12/2020, a taxa de ocupação de leitos UTI COVID no HU-UEL encontra-se em 82% e a taxa de ocupação dos leitos de UTI Geral está em 117%.

Com as festas de Natal e Ano Novo tem-se a expectativa do aumento no número de novos casos de COVID-19 e a preocupação estende-se ao adoecimento da equipe multiprofissional do HU-UEL, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentre outros, que atendem os 454 leitos hospitalares em funcionamento no Hospital.

No que se referem aos casos pediátricos e neonatais, os encaminhamentos ao HU-UEL decorrem do contato dessas crianças com adultos suspeitos ou confirmados COVID.”

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="736054" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]