Gripe: vacinação será ampliada para toda a população

Angelo Sfair

gripe_campanha_vacinação


A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe termina nesta sexta-feira (31). A partir da próxima segunda-feira (03/06), toda a população poderá se beneficiar das doses remanescentes.

O público-alvo da campanha é formado por gestantes, mulheres que deram à luz recentemente, idosos, crianças de seis meses até cinco anos incompletos, indígenas, professores, profissionais da saúde, policiais e portadores de doenças crônicas.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) espera cumprir a meta do Ministério da Saúde, que prevê uma cobertura vacinal de 90%. No entanto, até agora, o objetivo foi cumprido apenas entre os idosos, indígenas e as puérperas. Os demais grupos prioritários apresentam cobertura vacinal entre 60% e 89%.

A Sesa reforça que a vacina é a melhor forma de prevenção e faz uma apelo para que as pessoas que formam o público-alvo da campanha procure os postos de saúde.

A enfermeira Vera Rita Maia, da Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da Secretaria da Saúde, lembra que o inverno chega em menos de um mês. Ela explica que, apensar de simples, a gripe pode ser grave. “A infecção pelo vírus influenza pode evoluir para complicações mais sérias como pneumonia, internação hospitalar e, em algumas situações, evoluir para o óbito”.

Influenza
Segundo o boletim mais recente da Gripe, divulgado pela Sesa, o Paraná tem 133 casos de gripe confirmados. 37 pessoas morreram por complicações da doença. Seis óbitos foram registrados na semana passada.

A região metropolitana de Curitiba é a com maior incidência da doença no estado.

Previous ArticleNext Article