Vazamento óleo de navio atinge o mar no litoral do PR

Jordana Martinez


William Bittar/ CBNCuritiba com redação

Um vazamento de óleo diesel marítimo foi registrado nesta terça-feira (16), em Pontal do Paraná, no litoral do estado. Apesar do acidente, não há riscos à saúde dos banhistas.

Apesar de ser considerada uma quantidade pequena pelas autoridades, cerca de 35 litros do produto foram derramados na água, segundo a Capitania dos Portos do Paraná.

Uma empresa de engenharia e construção teria armazenado o líquido e ao perceber o vazamento, instalou barreiras de contenção, em seguida, acionou o plano de emergência.

Uma equipe da Capitania dos Portos do Paraná foi até o local e confirmou que o líquido já tinha sido contido pela empresa e comunicou o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) sobre a ocorrência.

O Comandante da Capitania dos Portos do Paraná, Germano Teixeira da Silva, falou sobre a ação e de que forma a empresa pode ser responsabilizada.

“Essa empresa será notificada e virá à capitania para maiores esclarecimentos para dizer o que foi feito, quais providências tomou… assim será avaliado e poderá ser lavrado um auto de infração e a penalidade definida”, explicou.

Em nota, o IAP informou que o que ocorreu foi um erro operacional durante testes da plataforma da empresa. O Instituto Ambiental do Paraná garantiu que os impactos foram leves, sem comprometimento a qualidade ambiental das águas e do entorno, e que também o incidente não causa nenhum prejuízo à saúde dos banhistas.

Confira a nota na íntegra:

A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) recebeu na última terça-feira (16), por volta do meio dia comunicado sobre o vazamento de diesel marítimo na região de Pontal de Paraná. Equipe de Inspeção Naval da CPPR esteve no local para verificar a extensão do ocorrido. O levantamento apontou que foram derramados cerca de 35 litros do produto, o qual foi contido pela empresa Techint. Verificado o vazamento a empresa aplicou imediatamente as medidas mitigadoras com o acionamento do Plano de Emergência Individual (PEI). O local afetado já dispunha de barreira de contenção o que evitou a dispersão do derramamento. São procedimentos padrão para operações dessa natureza. A CPPR comunicou o fato ao Instituto Ambiental do Paraná e notificou os envolvidos para prestarem esclarecimentos nos próximos dias.

Previous ArticleNext Article
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
[post_explorer post_id="477158" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]