Vereador do PR é indiciado pela morte de empresário: aconteceu em supermercado

Redação

vereador-mata-empresario-ivai-

Um vereador de Ivaí, nos Campos Gerais do Paraná, foi indiciado por homicídio duplamente qualificado e receptação nesta segunda-feira (2), após a conclusão do inquérito da PCPR (Polícia Civil do Paraná). Luisir Lobacz (MDB) é suspeito de matar um empresário dentro de um supermercado no dia 25 de janeiro de 2020.

Everaldo Monfron foi esfaqueado no comércio e chegou a ser encaminhado para um hospital de Ponta Grossa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Para a polícia, o vereador impossibilitou a defesa da vítima, cometeu o crime por motivo fútil e receptação -já que um colete balístico foi encontrado em sua residência.

Lobacz, que é popularmente conhecido como ‘Kiko‘, é considerado foragido. Fernando Madureira, que faz a defesa do vereador, afirmou que irá se manifestar somente após o recebimento da denúncia apresentada pelo MP-PR.

EMPRESÁRIO É ASSASSINADO POR VEREADOR DENTRO DE SUPERMERCADO

O crime aconteceu na manhã do dia 25 de janeiro, no local de trabalho de Everaldo Monfron. Uma câmera de segurança registrou o momento que o vereador entra no supermercado e agride a vítima com uma faca.

Para a polícia, os familiares da vítima contaram que a vítima e o agressor se desentenderam horas antes do crime. Segundo investigações, uma dívida antiga pode ter motivado a morte.

MANDATO DE LOBACZ PODE SER CASSADO

Em 2016, Luisir Lobacz foi o parlamentar mais votado da cidade, que tem 12 mil habitantes. Na época, ele exerceu o cargo de vice-presidente da Câmara e estava em seu terceiro mandato. Um mês após o crime, a Câmara Municipal de Ivaí discute a cassação do mandato de Lobacz.

Previous ArticleNext Article