Vigilância alerta sobre incidência de escorpiões em Campo Mourão

Tarobá News


A incidência de escorpiões em vários bairros de Campo Mourão, entre eles da espécie amarela, que é a mais perigosa, tem colocado em alerta a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde. O trabalho de orientação tem sido realizado nas áreas onde eles têm aparecido, como nos jardins Copacabana, Ipanema e trecho da área central até a Vila Urupês.

“No último levantamento contabilizamos mais de 100 quadras, onde foram encontrados escorpiões em diversos imóveis. Fazemos esse trabalho de acompanhamento há 20 anos e ultimamente temos visto incidência onde não tinha”, ressalta a coordenadora de campo do Setor de Endemias, Marinalva Ferreira da Luz.

Ela reforça sobre os cuidados com a espécie amarela, que em caso de picada pode afetar o sistema nervoso e levar a óbito.

“Não é função nossa fazer a limpeza do imóvel, mas orientamos para que o morador mantenha o quintal sempre limpo e não elimine os predadores deles, como sapos, lagartixas, corujas e outras aves”, explica. Em caso de acidente com escorpião a orientação é procurar um Pronto Atendimento, como a UPA ou Pronto Socorro.

“Uma vez no ambiente, é praticamente impossível erradicar o escorpião, pois ele tem uma carapaça que protege contra veneno. Por isso as medidas preventivas são muito importantes”, reforça.

Marinalva lembra que o escorpião abriga-se em terrenos baldios com mato e lixo doméstico, embaixo de pedras, tijolos, telhas, montes de lenha. Na natureza vivem sob cascas de árvores, cupinzeiros, barrancos e troncos apodrecidos.

*Matéria de Tarobá News, parceiro do Paraná Portal.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="800972" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]