Visitas presenciais em unidades prisionais retornam a partir deste sábado no Paraná

Redação

Conselho de Direitos Humanos pede plano de testes em presídios no Paraná

As visitas presenciais em unidades prisionais serão retomadas a partir deste sábado (6) no Paraná. A modalidade estava suspensa desde março de 2020, por conta da pandemia da covid-19. De acordo com o Depen (Departamento Penitenciário), o retorno das visitas presenciais será gradual, com agendamento prévio. Visitas íntimas permanecem proibidas.

O preso e o familiar que for visitá-lo deverão estar com o ciclo completo da vacinação e seguir as medidas sanitárias estipuladas pelo Depen. Neste momento, ainda não estão liberadas as visitas nas Cadeias Públicas.

O vice-diretor do Depen, Luiz Francisco da Silveira, explica que após um trabalho de planejamento, que contou com a participação de diversos órgãos, foi decidido que é possível retomar a visitação de familiares com segurança. “Para isso, concluímos a vacinação de todo o sistema, de presos e servidores, e vamos manter os protocolos vigentes e as medidas de higiene para evitar a contaminação pelo coronavírus”, disse Silveira.

Cada preso poderá receber apenas um visitante por vez, sendo que, cada fim de semana será destinado a um público familiar diferente, conforme portaria. Os dias de visitação serão sempre às sextas, sábados e domingos. Cada visitante poderá permanecer no interior dos estabelecimentos prisionais por no máximo uma hora.

Ainda de acordo com a normativa do Depen, somente familiares que já possuem credencial de visitas poderão adentrar as unidades prisionais neste primeiro momento. Ainda assim, a entrada se dará de forma agendada, por e-mail ou telefone, com o objetivo de evitar aglomerações.

Proibições

Não será permitida a entrada de pessoas menores de 18 anos e gestantes nas unidades prisionais. Para estes públicos, durante dois fins de semana por mês, será realizada a visitação na modalidade virtual, que também ocorrerá por agendamento. A visita íntima não foi liberada neste primeiro momento.

Ainda está proibida a entrada de alimentos e bebidas, ou qualquer outro item durante o horário de visitação, assim como de pessoas com a credencial de visitas inativa, que não possuam agendamento prévio para visitação ou que não apresentem o comprovante de vacinação completo, com as duas doses ou dose única.

  • Veja também: Saída de deputados após cassação de Francischini (PSL) provoca exoneração de 52 comissionados na Alep
  • Previous ArticleNext Article
    [post_explorer post_id="801479" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]