‘Vovó golpista’ é presa após enganar Bradesco mais de 10 vezes

Vinicius Cordeiro

vovó

Uma senhora de 62 anos foi presa em flagrante na tarde desta quarta-feira (5), a uma quadra da agência do Bradesco no bairro Ahú, em Curitiba, após ter sacado R$ 15 mil com documentos falsos. Ela é suspeita de fraudar contas bancárias para adquirir empréstimos em nome de terceiros.

Segundo as investigações, a mulher abriu 11 contas em diversas agências desde março de 2018. No momento da prisão, foram recuperados R$ 3 mil e um cheque administrativo de R$ 12 mil. O valor total de prejuízo ao banco chega a R$ 60 mil.

Marinilva Teresinha Rosseto é nascida no Rio Grande do Sul e acumula passagens policiais por crimes patrimoniais em Minas Gerais. Entretanto, não tem nenhum antecedente criminal no Paraná.

“A princípio, ela veio para o estado exclusivamente para aplicar golpes. Ainda não sabemos se ela tem família”, declarou o delegado Marcos Pestano, que também ressaltou que as investigações seguem normalmente e que o prazo para inquérito é de 10 dias. A expectativa é que seja possível rastrear o resto do dinheiro adquirido por ela.

Ela está à disposição da Justiça e responderá por estelionato e uso de documentos falsos. Caso condenada, pode pegar até 5 anos de prisão.

vovó golpista
A senhora usou diversos documentos falsos. Foto: Divulgação Polícia Civil

LEIA TAMBÉM:

Previous ArticleNext Article