Coluna Social
Compartilhar

RB Antropofagia paranaense

A imprensa paranaense não se atentou ao fato ou sequer deu destaque ao curitibano, Daniel Schwalbe Koda, que se formou n..

Ruy Barrozo - 19 de dezembro de 2017, 11:48

A imprensa paranaense não se atentou ao fato ou sequer deu destaque ao curitibano, Daniel Schwalbe Koda, que se formou no ITA – Instituto Tecnológico da Aeronaútica, com a MAIOR MÉDIA da história do ITA – 9,78.

http://www.fab.mil.br/noticias/mostra/31469/FORMATURA%20-%20ITA%20forma%20a%20maior%20turma%20de%20todos%20os%20tempos

Ele foi o primeiro colocado geral no exame de admissão, Instituto Tecnológico de Aeronáutica – vestibular de 2013.

É bolsista do CAPES e faz ainda Mestrado em Física no próprio ITA.

Ganhou do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq o Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na Categoria Ciências Exatas, da Terra e Engenharias, com o trabalho intitulado:

"Propriedades Eletrônicas de Materiais Bidimensionais e suas Heteroestruturas".

Inventor em 2014, junto com um colega do ITA, da trata-se da “Quiros”, uma espécie de luva biônica, cuja função é traduzir a Libras - Linguagem Brasileira de Línguas, usada pelos deficientes auditivos, em voz e texto, graças a um software.

A invenção do brasiliense Gabriel Ilharco Magalhães e do curitibano Daniel Schwalbe Koda despertou na época a atenção até de Luciano Huck, embaixador da Olimpíada do Conhecimento.

Realmente no Paraná, santo de casa não faz milagre.ruy.barrozo