Coluna Social
Compartilhar

RB Artes Plásticas

Centro Cultural Banco do Brasil apresenta exposição itinerante de Cícero Dias.Mostra Cícero Dias - Um percurso po..

Ruy Barrozo - 11 de fevereiro de 2017, 21:30

Centro Cultural Banco do Brasil apresenta exposição itinerante de Cícero Dias.

Mormaço,_1941_-_óleo_sobre_tela_-_140x260cm__Divulgação170130_140715

Mostra Cícero Dias - Um percurso poético passará pelas unidades de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo do CCBB entre 8 de fevereiro e 25 de setembro.

Em 1938, o pintor pernambucano Cícero Dias foi definido como um “selvagem esplendidamente civilizado” pelo então crítico de arte francês André Salmon, que parafraseava um poema de Verlaine para Rimbaud.

A definição, realizada após a primeira mostra do artista em Paris, serviu perfeitamente para descrever sua trajetória nas artes, agora retratada pela exposição Cícero Dias - Um percurso poético.

Trata-se de uma itinerância que o Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB apresenta entre 8 de fevereiro e 25 de setembro, em suas unidades de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

A mostra tem curadoria de Denise Mattar, curadoria honorária de Sylvia Dias, filha do artista, e produção da Companhia das Licenças em parceria com a Base7 Projetos Culturais.

A itinerância apresenta ao público cerca de 125 obras de um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, cuja trajetória é reconhecida internacionalmente, contextualizando sua história e evidenciando sua relação com poetas e intelectuais brasileiros e sua participação no circuito de arte europeu.

Além das obras propriamente ditas, a exposição trará ainda fac-símiles de cartas, textos e fotos de Manuel Bandeira, Gilberto Freyre, Murilo Mendes, José Lins do Rego, Mário Pedrosa, Pierre Restany, Paul Éluard, Roland Penrose, Pablo Picasso, Alexander Calder, entre outros.

“Na sua longa e prolífica carreira, Cícero Dias manteve, como poucos, a fidelidade a si próprio. Sempre foi inteiramente livre, ousando fazer o que lhe dava vontade, sem medo das críticas”, afirma a curadora Denise Mattar.

A mostra em Brasília fica em cartaz até o dia 3 de abril, indo, então para São Paulo, onde ficará em cartaz de 21 de abril a 10 de julho.

Da capital paulista, a exposição seguirá para o Rio de Janeiro, onde ficará em cartaz entre 1º de agosto e 25 de setembro.

A mostra

A exposição traz um panorama de toda produção do artista, dividida em três grandes núcleos que delineiam seu percurso poético.

São eles: Brasil, Europa e Monsieur Dias – Uma vida em Paris - cada um deles, por sua vez, dividido em novos segmentos, cuja leitura não deve ser realizada de modo estanque, mas entrecruzada e simultaneamente.ruy.barrozo