Coluna Social
Compartilhar

RB| Balada no litoral

Henrique e Juliano: os astros da música sertaneja.Sucesso de público, rádio e no canal do Youtube, a dupla mais c..

Ruy Barrozo - 05 de janeiro de 2019, 23:44

Henrique e Juliano: os astros da música sertaneja.

Sucesso de público, rádio e no canal do Youtube, a dupla mais comentada do segmento desembarca em Guaratuba nesta sexta, para única apresentação no Café Curaçao.

No topo das paradas de sucesso, Henrique e Juliano se transformaram nos grandes nomes da música sertaneja da atualidade.

Os irmãos de Tocantins, conhecidos como a dupla que arrasta multidões, chegam a Guaratuba nesta sexta para movimentar ainda mais o Verão 2019 do Café Curaçao - Rua Brejatuba, 500, a partir das 23horas, com o  show do recente trabalho, o DVD – “O Céu Explica Tudo”, quarto da carreira.

Os irmãos ficaram conhecidos pelo grande público em 2012.

De lá pra cá, são várias músicas de sucesso, uma média de 20 shows mês, de norte a sul do Brasil, turnê internacional, quatro DVDs lançados e mais de 4 bilhões de visualizações no Youtube.

Algo invejável e que só reforça a importância da dupla no meio sertanejo.

Além da música que é título do novo DVD, eles cantarão seus principais sucessos, como “Tô Valendo Nada”, “Aquela Pessoa”, “Recaídas”, “Vidinha de Balada”, “Cuida Bem Dela”, “5 Km”, “Zé Ruela”, entre outras.

Jovens, curtem o sucesso de uma maneira muito particular: Se divertem dentro e fora dos palcos.

“Subimos no palco para aproveitar o momento que temos com aquelas pessoas que saíram de suas casas para nos ver”, diz Henrique.

Fora dos holofotes gostam de aventuras radicais: drift, manobras radicais em carro preparado para isso, é o predileto de Juliano.

Já Henrique é mais chegado à velocidade e prática automobilismo de arrancada e cart.

Juliano ainda tem como hobby pilotar avião, com brevê desde os 18 anos segue os passos do pai.

Quanto ao sucesso, são claros em dizer que estão felizes com cada conquista e se perguntados do que mais sentem falta não hesitam em dizer ser a convivência diária com os pais.

“Mas estarmos juntos, eu e o Juliano compensa e nos une cada dia mais”, finaliza Henrique.