Coluna Social
Compartilhar

RB| Caiobá o começo

Em 1927 foi inaugurada a "Estrada do Mar", ligando a cidade de Paranaguá à Praia do Leste, de onde rodando sobre a praia..

Ruy Barrozo - 03 de março de 2021, 00:37

Em 1927 foi inaugurada a "Estrada do Mar", ligando a cidade de Paranaguá à Praia do Leste, de onde rodando sobre a praia, com a maré baixa, por mais de 15 km, se alcançava o "Matinho".

Logo foi mudado para "Matinhos".

Essa possibilidade incentivou as famílias curitibanas, a maioria descendentes do alemães a interessar-se pela praia de "Matinhos", entre elas o Augusto Blitzkow, que entusiasmado com as belezas naturais de Caiobá, resolveu promover a sua urbanização.

Caiobá pertencia a distrito de Guaratuba que junto com Matinhos faziam parte do Município de Paranaguá.

A urbanização estava bem no inicio, com apenas três ruas de pavimentação precária, pouco mais de uma dezena de casas.

Tinha o Grande Hotel Cayoba, uma bela construção com projeto e execução do Engo Schatte, que também construiu as primeiras casas.

Logo atrás do hotel em um barracão era a casa "de força" com um motor Deutz, monocilíndrico movido a gás pobre - lenha.

O operador do sistema, que morava com a mulher num alojamento anexo, um alemão, que mal falava português, Ernesto Helmschrot.

A luz era gerada só para iluminação das ruas e residências.

Funcionava do anoitecer até ás 22horas.

Eram duas casas na Praia Brava: Guilherme Nickel e Alfredo Nickel.

Cinco na Praia Mansa: Edith Wasilewska, Eugenio Gelert, Grotzner, Emanoel Brepohl e João Prosdócimo.

Nas ruas: Carlos Ihle, Casemiro Niedental, Mariano Scymanski, Paolo Franchi, Zsabo e Oscar Schrappe.

Nas fotos, panorama geral Praia Brava - Praia Mansa e Grande Hotel.